BESSA GRILL
Início » Policiais » Bandidos promovem arrastão em Bayeux, polícia registra duas mortes

Bandidos promovem arrastão em Bayeux, polícia registra duas mortes

11/08/2015 00:20

Homem armado faz ‘arrastão’ em sala de curso e rouba R$ 200 de aluno e oito celulares na Cidade de Bayeux na Paraiba

11817200_623344394435760_4457133102856609034_nUm homem invadiu e assaltou uma unidade de uma rede de cursos profissionalizantes no bairro do Sesi, em Bayeux, na Grande João Pessoa. Segundo funcionários do estabelecimento, o suspeito estava armado com uma faca. Após roubar um celular funcional de uma secretária, ele invadiu uma sala de aula, onde promoveu um ‘arrastão’, roubando R$ 200 de um aluno e outros sete celulares. O crime aconteceu no início da noite desta segunda-feira (10).

De acordo com a secretária, o criminoso usava uma blusa de cor laranja e um chapéu azul. “Ele entrou na sala e rendeu o professor, colocando a faca no pescoço dele”, disse a funcionária, acrescentando que na classe, além do professor, havia seis alunos. Ela informou que ninguém foi ferido e que a ação durou de cinco a dez minutos.

“Ele fugiu a pé, na direção de João Pessoa”, explicou a secretária. Ela ainda disse que o homem não cobriu o rosto durante o assalto, mas afirmou que ele não era conhecido da região. O local não tem circuito interno de câmeras e a imagem do bandido não foi capturada.

Após dois feridos a bala, corpo é encontrado no distrito de Cupissura em Caaporã na Paraiba

11235434_623343547769178_1840871049970998297_nApós dois jovens serem baleados na madrugada desta segunda-feira (10), no distrito de Cupissura em Caaporã, no início da manhã de hoje, o corpo de um homem ainda não identificado foi encontrado em um matagal na mesma localidade.

O homem que aparentava ter entre 25 e 30 anos trajava uma bermuda colorida e uma camisa preta.

Os dois feridos foram Jandson Jorge da Silva, 25 anos e Fernanda Felix da Silva, 18 anos, ambos socorrios para o Hospital de Trauma da Capital.

 

Jovem Antes de morrer em acidente posta mensagem sobre andar em alta velocidade na Paraiba

11825984_623344057769127_7737832811800692057_nUm jovem morreu e um policial militar ficou ferido em um acidente envolvendo dois carros no km 32 da BR 104, nas proximidades do município de Cuité, Agreste paraibano, a 225 km de João Pessoa. A ocorrência foi registrada na manhã desta segunda-feira (10).

Algumas horas antes da tragédia, o jovem postou nas redes sociais um texto que trata sobre andar em alta velocidade.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor de um dos veículos teria perdido o controle da direção e causado o acidente, acertando o outro veículo na lateral.

“Após a colisão, os dois condutores foram socorridos com vida, mas no trajeto para o Hospital de Emergência e Trauma em Campina Grande um deles morreu. Esse motorista que morreu seria o causador do acidente, mas os motivos para ele ter perdido a direção do carro ainda são desconhecidos”, disse a PRF, tratando a alta velocidade como como uma hipótese.

O condutor que sobreviveu ao acidente seria o policial militar.

O jovem César Medeiros era de Picuí, interior da Paraíba, mas morava em Recife (PE). Algumas horas antes do acidente, ele postou no Facebook uma mensagem sobre andar em alta velocidade.

Algumas horas antes do acidente, jovem postou mensagem na internetFoto: Algumas horas antes do acidente, jovem postou mensagem na internet

www.reporteriedoferreira.com