BESSA GRILL
Início » Policiais » Bandidos fazem arrastão em ônibus na PB e Idoso esfaqueia assaltante

Bandidos fazem arrastão em ônibus na PB e Idoso esfaqueia assaltante

13/07/2017 08:35

Bandidos fazem arrastão em ônibus, agridem estudantes e os jogam na estrada na PB

Cinco homens fortemente armados fizeram um arrastão em um ônibus que transportava estudantes na noite de quarta-feira (12) em Lagoa Seca, no Agreste Paraibano. Durante a ação, os criminosos roubaram vários pertences pessoais das vítimas e até a chave do ônibus em que eles se deslocavam, deixando os estudantes no meio da estrada.

De acordo com o Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP), os estudantes são da cidade de Alagoa Nova, também no Agreste, e foram abordados próximo à comunidade Floriano. Os assaltantes roubaram dinheiro, bolsas e celulares das vítimas.

Os estudantes conseguiram pedir ajudar a Polícia Militar, que foi ao local e providenciou outro ônibus para levar os estudantes de volta a Alagoa Nova em segurança. Rondas foram feitas nas proximidades do local do crime, mas até as 7h40 desta quinta-feira (13), ninguém havia sido preso.

Idoso defende esposa de agressão e esfaqueia assaltante

Um jovem de 25 anos foi detido na noite desta quarta-feira (12) suspeito de praticar um assalto numa residência no bairro de Várzea Nova, em Santa Rita, região metropolitana da Capital.

Segundo a polícia, o suspeito estava acompanhado de um comparsa quando invadiu a casa de uma família. Eles estavam armados e anunciaram o assalto. A dupla agia com violência, segundo relato das vítimas. Enquanto recolhiam os objetos, um deles teria puxado o cabelo de uma mulher.

O idoso de 64 anos, ao ver a esposa sendo agredida, armou-se com uma faca e entrou em luta corporal com o suspeito. O dono da casa atingiu o rapaz por quatro vezes. O outro assaltante ao ver o colega ferido, decidiu ir embora. A dupla fugiu do local levando alguns aparelhos celulares.

Minutos depois, um homem ferido por arma branca deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento de Bayeux. Aos atendentes, ele informou que havia sido vítima de um assalto e que teria reagido. Os profissionais da UPA acionaram a polícia para comunicar o fato e quando os militares chegaram no hospital perceberam que o ferido, na verdade, era o assaltante.

Depois de atendido, ele foi levado para a Delegacia de Santa Rita, onde foi reconhecido pelas vítimas. O suspeito negou ter praticado o crime e reforçou a tese de que teria sido, sim, vítima de um assalto.

www.reporteriedoferreira.com.br