BESSA GRILL
Início » Notícias » Violência; Polícia registra três assassinados na capital

Violência; Polícia registra três assassinados na capital

26/06/2015 07:38

Homem é morto na avenida Pedro II, em João Pessoa

IMG-20150625-WA0377_wm

Homem é assassinado quando jogava dominó; outro fica feridoUm homem foi morto com um tiro na cabeça no início da tarde desta quinta-feira (25) na avenida Pedro II, no bairro da Torre, nas proximidades do Centro de João Pessoa. A Polícia Militar informou, já durante a noite, que quatro suspeitos haviam sido detidos, sendo dois deles menores de idade, que seriam encaminhados para a Delegacia do Menor da Capital. Os outros dois foram direcionados sob custódia ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, pois foram feridos com disparos de arma de fogo. Todos foram encontrados na comunidade Padre Hildon Bandeira, que fica próxima ao local do crime da tarde.

Na ocorrência em questão, segundo testemunhas, a vítima estava em uma bicicleta e trafegava pela avenida no momento dos disparos. Por conta dos tiros e da chegada de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o trânsito ficou interrompido por cerca de 15 minutos.

Conforme a PM, o Samu, quando chegou ao local, apenas constatou a morte da vítima. As motivações para o assassinato ainda eram apuradas.

A noite desta quinta-feira (25) começou violenta na região metropolitana de João Pessoa. Um homem foi morto e outro ficou ferido no bairro de Marcos Moura, na cidade de Santa Rita. De acordo com policiais militares que estiveram no local da ocorrência, a vítima estava jogando dominó numa barraca quando o crime aconteceu.

Ainda de acordo a polícia, um homem se aproximou a pé e efetuou os disparos que alcançaram a cabeça e as costas de Josemar Morais da Silva, 35 anos. Outro rapaz, de 55 anos, que estava no local também ficou ferido. Ele foi atingido por um disparo na região da perna e socorrido na sequência para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital..

Testemunhas disseram que a vítima não tinha envolvimento com crimes e nem era usuário de drogas.

Pedreiro pode ter sido morto no lugar do filho; envolvidos são detidos pela PM

A Polícia Militar prendeu dois suspeitos de matar a tiros, no início da tarde desta quinta-feira (25), o pedreiro Francinaldo da Silva, de 43 anos, na Avenida Dom Pedro II, no bairro da Torre, em João Pessoa. Jeferson Batista Luiz, de 22 anos, e Hércules Bernardo da Silva, 21, foram encontrados com dois revólveres, feridos a tiros, na comunidade Padre Hildon Bandeira. Durante as buscas, dois adolescentes – integrantes do mesmo bando – foram apreendidos com crack e dinheiro trocado.

De acordo com o comandante do Batalhão Ambiental, major Tibério Leite, as buscas contaram com o trabalho do serviço de inteligência do Batalhão Ambiental e do 1º Batalhão. “Perto da comunidade São Rafael foi encontrado um carro, logo após o crime, com marcas de tiros. Os núcleos de inteligência das duas unidades receberem informes de quem teriam sido os autores e de que eles teriam sido baleados no momento do homicídio por uma pessoa ainda não identificada”, contou.

www.reporteriedoferreira.com