BESSA GRILL
Início » Esportes » Treze marca um gol em cada tempo e vence Baraúnas fora de casa

Treze marca um gol em cada tempo e vence Baraúnas fora de casa

Atacante Carlinhos recebeu cartão vermelho ao fazer falta no jogador do Treze, deixando o Baraúnas com dez homens em campo.

11/07/2013 09:29

Aconteceu, a partir das 20h30min desta quarta-feira (10), disputa entre Treze e Baraúnas, noEstádio Marizão, em Caicó-RN. Jogo foi válido pela terceira rodada do grupo A da Série C do Campeonato Paraibano 2013. A equipe paraibana, que foi melhor durante quase todo o jogo, venceu partida por 2 a 0.

Em seu primeiro confronto, após o intervalo da Copa das Confederações, o alvinegro saiu em busca do que foi sua primeira vitória; time estava na zona de rebaixamento, ocupando a nona colocação. Agora está na sétima com quatro pontos e ultrapassou o próprio Baraúnas, que estava em busca de mais uma vitória na competição nacional em sua quarta partida, mas acabou descendo para a oitava colocação.

Jogo começou truncado, no entanto o Treze cresceu rapidamente. Até que, aos 25 minutos do primeiro tempo, Cristian, capitão da equipe, em uma marcação de falta com o pé de direito, abriu o placar para o Galo da Borborema no Marizão; 1 a 0 para Treze.

Após o gol sofrido, a equipe Leão do Oeste tentou se reorganizar e partiu para cima, visando o gol de empate. Mas o Treze adiantou sua marcação e ganhou a bola do sistema defensivo com maior frequência, saindo mais rápido no contra-ataque.

Aos 37 minutos, saiu o primeiro cartão amarelo para Cristiano Tiririca, do Baraúnas. E, aos 41 minutos, quase que o Galo ampliou vantagem, quando Soares recebeu uma boa bola dentro da área, mas a arbitragem anulou a jogada rapidamente, marcando impedimento.

Na volta

Partida voltou sem alterações nas escalações das equipes. O jogador Jakinha, do Baraúnas, recebeu o segundo cartão amarelo logo no começo do segundo tempo, e, sem seguida, foi a vez de amarelar para o meia Richardson, do Treze, aos 5 minutos do segundo tempo.

A equipe do Leão voltou com mais volume de bola, mas o Galo não abriu espaço para o Leão. Aos 13 minutos do segundo tempo, saiu o quarto cartão amarelo do jogo, dessa vez foi para Paulista, atacante do Treze; time paraibano seguiu no contra-ataque, porém um pouco mais recuado, dando espaço para os adversários.

Treinadores realizaram primeiras substituições em suas respectivas equipes um pouco antes da metade da segunda etapa e, na sequência do confronto, as três alterações foram feitas em ambas esquipes.

Aos 41 minutos do segundo tempo, um jogador que mal havia entrado em campo foi expulso. Atacante Carlinhos recebeu cartão vermelho ao fazer falta no jogador do Treze, deixando o Baraúnas com dez homens em campo.

Na sequencia, o Galo da Borborema ampliou sua vantagem, em um contra-ataque rápido. Birungueta apareceu na hora certa e lugar certo, ele recebeu um excelente passe de Wallace e bateu com força, no canto direito de Érico que, novamente, não pôde evitar o gol trezeano; 2 a 0 para a equipe paraibana que definiu a vitória fora de casa.

FICHA TÉCNICA:

Local: Estádio Marizão, em Caicó-RN.

Árbitro: Josevaldo Bisarria de Melo (AL).

Horário: 20h30min.

Escalações:

Baraúnas: – Érico, Levir, Índio, Pedrosa, Jakinha, Preto Bakarena, Daniel, Fidelis, Paulinho Mossoró, Cristiano Tiririca e Radanis. Técnico: Samuel Cândido.

Treze: Éder, Hudson, Sandoval, João Paulo, Anderson Paim, Glauber Viam, Richardson, Jé, Cristian, Soares, Paulista. Técnico: Vica.

Da Redação