BESSA GRILL
Início » Esportes » STJD vai julgar Bota-PB e clube pode ser excluído da Série C do Brasileiro

STJD vai julgar Bota-PB e clube pode ser excluído da Série C do Brasileiro

Clube paraibano foi indiciado por ter entrado na Justiça Comum antes de esgotadas todas as instâncias na esfera esportiva para ter o direito de voltar a jogar no Almeidão

21/08/2014 23:26

Vice-líder do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo-PB corre o risco de ser excluído da competição em julgamento que vai ser realizado nesta sexta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O campeão paraibano foi indiciado no artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por ter entrado na Justiça Comum antes de esgotadas todas as instâncias na esfera esportiva, e no artigo 191, por ter deixado de cumprir determinação do STJD.

Botafogo-PB x Sport (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Almeidão foi interditado após confusões no jogo entre Botafogo-PB e Sport na estreia dos times na Copa do Nordeste (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

O julgamento se refere ao fato de o clube ter se beneficiado com a ação do vereador de João Pessoa, Renato Martins (PSB), para jogar no Almeidão, depois que o estádio foi interditado pelo STJD por conta de confusão na partida entre Botafogo-PB e Sport, na abertura da Copa do Nordeste deste ano. Caso seja condenado à pena máxima, o Belo terá que pagar uma multa de R$ 200 mil e será excluído da Série C, única competição que disputa atualmente.

Luiz Crispim Filho, advogado do Botafogo-PB (Foto: Wellington Campos/TV Cabo Branco)Luiz Augusto Crispim Filho, advogado do Bota-PB (Foto: Wellington Campos/TV Cabo Branco)

O diretor jurídico do Botafogo-PB, Luiz Augusto Crispim Filho, no entanto, tratou de tranquilizar a torcida e ressaltou que não vê motivos para o clube ser punido pelo STJD. Ele lembra que a ação foi impetrada por uma “pessoa estranha aos quadros do clube” e por isso não vê razões para punições.

– O Botafogo não teve interferência alguma nessa ação. Foi feita por uma pessoa completamente estranha aos quadros do clube, que não nos representa de forma nenhuma. O Botafogo cumpriu tudo que a FPF e a CBF determinaram. Se jogamos no Almeidão, é porque na tabela assim constava. Chegamos a viajar para Goianinha, respeitando aquilo que a CBF mandava. Então, não vejo como tomamos proveito da situação – comentou o advogado.

O STJD juntou todos os processos envolvendo clubes que entraram na Justiça Comum para um julgamento em bloco. Além do Botafogo-PB, também estão indiciados CSP, Icasa, Cianorte-PR e Tiradentes-CE.

Reporteriedoferreira.com Por G1 Pb