BESSA GRILL
Início » Destaque » Servidores comissionados incham a Prefeitura de Pitimbu

Servidores comissionados incham a Prefeitura de Pitimbu

290 contratados, 131 comissionados,145 contratados saúde e 10 comissionado saúde TOTAL 576 -Fonte TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAIBA

19/02/2016 23:42

 

LeonardoO número de servidores em cargos comissionados na atual gestão do Prefeito Leonardo Barbalho do município de Pitimbu na Paraíba,  é 30% superior ao das administrações anterior, é o que afirmam pessoas ligadas a administração  que não quiseram se identificar.

Segundo consta nos aquivos do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, existem atualmente no quadro funcional da edilidade pitimbuense  290 contratados,  131 comissionados , 145 contratados saúde e 10 comissionado saúde totalizando  576, o que fere frontalmente  legislação em vigor.

“A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança, ou, ainda, de função gratificada na Administração Pública direta e indireta, em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal.”

Em síntese, nepotismo é a prática de dar importantes cargos políticos ou funções de relevo nos negócios aos membros da própria família, em desrespeito à população e o descumprimento do Decreto nº 32.751, que proíbe o nepotismo no GDF.

Prefeito de Pitimbu e família recebem 45 mil mensais  dos cofres públicos

banner_pronto_LeoIsso é o que se pode definir como sendo uma autêntica ‘sociedade familiar’, pois, como se pode comprovar por intermédio do SAGRES do TCE/PB, a família do prefeito de Pitimbu Leonardo José Barbalho Carneiro e sua esposa Geilce Azevedo Silva,” Guiga” percebem mensalmente da Prefeitura de Pitimbu, mais de quarenta e cinco mil reais mensais.

O prefeito de Pitimbu-Pb  Leonardo José Barbalho Carneiro, foi recentemente cassado pelo Juiz da 73a Zona Eleitoral e, atualmente, está administrando sob liminar concedida pelo TRE/PB, onde está sendo julgado o recurso eleitoral que tenta reverter a sua cassação.

Os moradores de Pitimbu estão revoltados com o nepotismo implantado pelo prefeito Leonardo Barbalho, observando que os familiares do prefeito e da esposa dele recebem mensalmente mais de quarenta o cinco mil reais, consequentemente, nos 32 meses de mandato, apenas os familiares do prefeito e sua esposa receberam R$ 1.440.000,00 (um milhão, quatrocentos e quarenta mil reais).

Com esses recursos pagos aos familiares do prefeito de Pitimbu Leonardo Barbalho, daria para reconstruir até a ponte que caiu, localizada no bairro da Pontinha em Acaú, assim como também, daria para ter recuperado a estrada que liga a sede do município ao distrito de Acaú, além de comprar medicamentos para farmácia básica que sempre estão em falta, assim como também comprar merenda que vem faltando, transporte escolar dos estudantes universitários, alem de também poder ter resolvido o problema da falta d’agua de Camucim que perdura há 29 meses.

www.reporteriedoferreira.com