BESSA GRILL
Início » Nacionais » Senador Cássio relata tensão na visita de senadores brasileiros à Venezuela

Senador Cássio relata tensão na visita de senadores brasileiros à Venezuela

Em nota lançada pouco após o episódio, o PSDB classificou como gravíssimas as agressões sofridas pelos senadores brasileiros e exigiu manifestação de repúdio imediata e contundente por parte do Itamaraty.

18/06/2015 18:29

JCJBOD4-1A comitiva de senadores que deixou o Brasil rumo à Venezuela não encontrou uma recepção amistosa na chega ao aeroporto de Caracas, capital daquele país. Segundo relatos do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), em sua página no Facebook,  a van foi cercada por manifestantes, mas, apesar do clima tenso, todos o parlamentares brasileiros estavam bem.

Em nota lançada pouco após o episódio, o PSDB classificou como gravíssimas as agressões sofridas pelos senadores brasileiros e exigiu manifestação de repúdio imediata e contundente por parte do Itamaraty.

De acordo com o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), o veículo dos senadores foi cercado por apoiadores do regime Maduro. Os parlamentares brasileiros também foram impedidos de visitar Leopoldo Lopez, preso há mais de um ano e em greve de fome há 24 dias. O embaixador brasileiro, Rui Pereira, teria abandonado o grupo ainda no aeroporto.

A comitiva é formada pelos senadores Cássio Cunha Lima, (PSDB-PB), Aloysio Nunes (PSDB-SP), Aécio Neves (PSDB-MG), José Agripino (DEM-RN), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Ricardo Ferraço (PMDB-ES), José Medeiros (PPS-MT) e Sérgio Petecão (PSD-AC). O grupo foi a Caracas para pressionar o governo do presidente Nicolás Maduro a libertar presos políticos e marcar eleições parlamentares.

www.reporteriedoferreira.com  Assessoria