BESSA GRILL
Início » Notícias » Secretário municipal é preso acusado de comercializar armas e Doente mental é executado a tiros em Mandacaru.

Secretário municipal é preso acusado de comercializar armas e Doente mental é executado a tiros em Mandacaru.

13/08/2014 09:36

O secretário de Infraestrutura da Prefeitura Municipal de Araçagi, Francisco Pessoa (Chico Pessoa) e que já foi vereador naquele município do Brejo paraibano foi preso na manhã desta quarta-feira, 13, durante operação policialnaquela região para cumprir mandados de prisão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, coibir o comércio ilegal de armas e homicídios.

CHico Pessoa, como é conhecido o secretário, é acusado de comércio ilegal de armas. A prisão aconteceu na casa dele, em Araçagi.

A operação iniciada às 5h30 de hoje teve como objetivo cumprir 28 mandados de prisão expedidos pela justiça. Na residência de Chico Pessoal foi encontrado um revólver calibre 38 sem documentação. Para os policiais, o secretário de Infra-estrutura negou a comercialização de arma.

Batizada de “Jocasta” a operação contou com a participação de políciais Civis e Militares e Corpo de Bombeiros que deu apoio com equipes de resgate, além de dois reboques do Batalhão de Trânsito e uma equipe de peritos. Ao todo, 210 policiais e 50 viaturas participaram, para cumprir 28 mandados de prisão, busca e apreensões.

Drogas, dinheiro e celulares foram encontrados com os acusados, além da prisão de um ex-vereador da cidade de Araçagi, foi realizada. O ex-vereador Francisco Pessoa (Chico Pessoa) é acusado de envolvimento com o mundo do crime. Segundo a polícia, ele comercializava armas de forma ilegal. A prisão foi feita na casa dele, na cidade de Araçagi.

Segundo o secretário Cláudio Lima, da Segurança e Defesa Social, a operação foi desencadeada após um minucioso levantamento de pessoas envolvidas com tráfico de droga, comércio ilegal de armas, homicídios, entre outros delitos. As investigações começaram a cerca de 10 meses.  O nome da operação se deve ao significado do nome Jocasta: mulher que cura do veneno. Daqui a pouco a polícia vai conceder uma coletiva às 9h, na Central de Polícia de Guarabira, com a presença dos gestores que coordenaram a ação policial.

Doente mental é morto a tiros por desconhecido em Mandacaru

Um homem identificado por Ariel Ricardo da Silva, 23 anos, foi assassinado na noite dessa terça-feira, 12, em João Pessoa. o crime aconteceu na Rua Jornalista André Rebouças, próximo ao Beco de Zé Borges, no bairro de Mandacaru. Segundo informações de familiares, Ariel era doente mental e não tinha envolvimento com a criminalidade.

A polícia tomou conhecimento que Ariel residia na Rua Rodrigues Alves, em Mandacaru e na rua onde foi morto estava conversando com o primo, quando foi surpreendido por um homem encapuzado, que chegou a pé, sacou de um revólver e efetuou vários disparos.

Um tiro atingiu o rosto da vítima, enquanto que outros as costas. Ninguém não prestou informações sobre a autoria do crime, nem mesmo o primo de Ariel, devido a ação do bandido ter sido muito rápida.

A vítima foi atingida com quatro tiros, morrendo no local.

Reporteriedoferreira.com  /Aguinaldo Mota