BESSA GRILL
Início » Cidades » Romaria da Penha reuniu mais de meio milhão de pessoas, concentração aconteceu na Igreja de Lourdes.

Romaria da Penha reuniu mais de meio milhão de pessoas, concentração aconteceu na Igreja de Lourdes.

Nesse sábado (23) aconteceu a edição de número 250 da Romaria da Penha, que este ano reuniu cerca de 600 mil pessoas

24/11/2013 11:32
N.S.da PenhaImagem de Nossa Senhora da Penha acompanha
romeiros
Nesse sábado (23) aconteceu a edição de número 250 da Romaria da Penha, que este ano reuniu cerca de 600 mil pessoas aproximadamente  em João Pessoa. A concentração começou  às 22h na Igreja Nossa Senhora de Lourdes, no Centro, da Capital Pessoense, onde o Arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, deu  a benção de Envio aos romeiros.
Uma verdadeira explosão de fé, amor,  foi manifestado pelos romeiros, romeiras e todos os fieis que participaram efetivamente da procissão.
Durante a caminhada, foi dado testemunho de milhares de milagres conseguidos junto a Santa Nossa Senhora da Penha, pelos fieis.  Segundo pesquisas, a cada ano que se passa mais aumenta o numero de pessoas que participam da Romaria.

O lema da Romaria este ano foi : “Desde a minha juventude, com fé, eu sigo com Maria no Caminho que é Jesus”, que reúne o tema da Campanha da Fraternidade (Juventude e Fraternidade) e o Ano da Fé, que se encerra neste mês de novembro.

Ao todo, foram  cadastrados 12 trios elétricos que foram  acompanhar os romeiros durante o percurso de 14 quilômetros. A caminhada seguiu pela Av. João Machado, Av. Pedro II, trevo universitário, principal do bairro dos Bancários, contorno da entrada do bairro de Mangabeira, e pela pista que dá acesso à Praia da Penha até chegar à Praça Oswaldo Pessoa, na Praia da Penha.

A devoção a Nossa Senhora da Penha  começou em 1763, quando o português Sílvio Siqueira fez um apelo à mãe de Jesus: ele, que junto com a tripulação de uma embarcação enfrentava uma grande tormenta no litoral paraibano, pediu para aportar com segurança. A graça foi alcançada e, em retribuição, ele ergueu uma capela onde desembarcou,a então Praia de Aratú, que depois viria a ser chamada de Praia da Penha.