BESSA GRILL
Início » Notícias » Renan é alvo de protestos ao subir a rampa do Congresso

Renan é alvo de protestos ao subir a rampa do Congresso

Senador voltou à presidência do Senado cinco anos após renunciar ao cargo em meio a denúncias; o peemedebista foi chamado de 'sem vergonha' e 'ladrão' pelos manifestantes

4/02/2013 22:02

Agência Brasil

Renan foi alvo de protesto ao subir a rampa do Congresso para a abertura dos trabalhos legislativos

Em sua primeira aparição pública após ser eleito presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) foi xingado nesta segunda-feira por manifestantes. Enquanto subia a rampa do Congresso Nacional, atividade que faz parte da cerimônia de abertura dos trabalhos legislativos, o senador ouviu calado gritos de “safado”, “sem vergonha” e “ladrão”. Os manifestantes portavam cartazes “Até quando o Poder Legislativo envergonhará o Brasil?” e “Fora Renan ou abaixo o Senado”.

Leia mais: Planalto já calcula o preço a pagar ao fortalecido PMDB

Senado: Por 56 votos, Renan é eleito novamente presidente da Casa

Leia também: Henrique Eduardo Alves, do PMDB, é eleito presidente da Câmara

Placar:  Votação de Alves na Câmara foi mais apertada que a de Renan no Senado

Mensagem ao Congresso: Dilma diz que classe política é vilipendiada

Renan Calheiros foi eleito novo presidente do Senado na última sexta-feira (1). Uma semana antes, no entanto, o Ministério Público Federal (MPF) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra Renan, pelos crimes de falsidade ideológica, uso de documentos falsos e peculato.

Agência do Estado