BESSA GRILL
Início » Internacionais » Refinaria pede desculpas após explosão em oleoduto na China

Refinaria pede desculpas após explosão em oleoduto na China

Vazamento e explosão na sexta-feira deixaram 47 mortos. Governo investiga causas do acidente.

26/11/2013 05:39

oleo-chinaA Sinopec, maior refinaria da China, pediu desculpas neste sábado (23) pelas explosões que romperam um oleoduto e deixaram 47 mortos e 136 feridos, em um dos piores acidentes industriais do país neste ano.

A expansão de projetos petroquímicos da Sinopec tem enfrentado a oposição de grupos da sociedade, e as explosões da última sexta-feira na cidade portuária de Quingdao se somam às crescentes preocupações de segurança e riscos ambientais. O acidente foi o mais mortal envolvendo a refinaria.

As explosões partiram do pavimento e imagens divulgadas na internet mostram cadáveres, veículos tombados e cacos de vidro nas construções próximas. Uma nuvem de fumaça negra saía dos enormes depósitos de combustível e escurecia grande pare do céu na zona da baía.

O óleoduto se rompeu deixando vazar combustível por 15 minutos no mar antes de ser remendado. Horas depois, enquanto funcionários faziam a limpeza, explosões atingiram dois locais, segundo o governo local.

Fu Chengyu, presidente da Sinopec, enviou um pedido de desculpas público neste sábado pela manhã, dizendo que a refinaria colaborará com o grupo de investigação do governo. “Investigaremos o incidente com responsabilidade e divulgaremos relatórios pontuais”, declarou a Sinopec em outro comunicado.

Mais de 3.000 metros quadrados  da superfície do mar foi contaminada. segundo o governo local. Cerca de 18 mil habitantes foram retirados após as explosões e a energia elétrica foi restaurada com exceção de duas zonas residenciais, segundo as autoridades.

Do g1.