BESSA GRILL
Início » Notícias » Quatro são denunciadas por morte de idosa que recebeu café com leite na veia

Quatro são denunciadas por morte de idosa que recebeu café com leite na veia

22/08/2013 13:43

O Ministério Público do Rio denunciou à Justiça por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) quatro pessoas acusadas de provocar a morte de uma idosa de 80 anos ao injetarem 40 mililitros de café com leite em sua veia. O caso ocorreu em 14 de outubro do ano passado, no Posto de Atendimento Médico (PAM) Abdon Gonçalves, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Palmerina Pires Ribeiro estava internada com infecção renal no setor de repouso feminino do PAM, e apresentava quadro estável. De acordo com a denúncia do MP-RJ, após a injeção de café com leite, por volta das 16 horas, a idosa sofreu insuficiência respiratória aguda, além de taquicardia e pouca oxigenação no sangue. A paciente morreu quatro horas depois de embolia pulmonar, quando já tinha sido transferida para o setor Enfermaria de Paciente Grave.

Foram denunciadas as técnicas de enfermagem Rayane Brito da Silva Inácio e Adriele da Silva, e as estagiárias de técnica de enfermagem Rejane Moreira Telles e Luciana Cristina Rodrigues Carvalho. Se condenadas, a pena para as estagiárias pode chegar a três anos de prisão e, para as técnicas de enfermagem, a quatro anos de reclusão.

“As denunciadas Rayane e Adriele, apesar de terem ficado sentadas na mesa da sala do Repouso Feminino, com visão das pacientes, de forma negligente, deixaram que Rejane e Luciana ministrassem o café com leite em Palmerina, sem a necessária supervisão…”, diz trecho da denúncia do MP-RJ.

 

 

 

 

do Estadão