BESSA GRILL
Início » Notícias » Professora do estado tem pescoço cortado por linha de pipa com cerol na Ilha do Bispo

Professora do estado tem pescoço cortado por linha de pipa com cerol na Ilha do Bispo

27/08/2013 05:23

Professorqa morreO que era uma para ser uma brincadeira de criança acabou se transformando em tragédia na tarde desta segunda-feira (26), em cima do viaduto da Ilha do Bispo, em  João Pessoa.

A professora da rede ensino estadual, Cândida de Nazaré da Silva, 35 anos, teve o pescoço cortado por uma linha de pipa com cerol.

A vítima estava pilotando umas motos, quando passava em cima do viaduto da ilha do Bispo, onde jovens brincavam de pipa. Uma das linhas acabou se enroscando com o pescoço da professora, que caiu da moto agonizando.

A vítima, que seguia de Bayeux para a capital, teve a veia jugular dilacerada pelo cerol da linha, chegou a ser atendida por uma equipe da Samu mais não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O cerol é um pó de vidro moído com cola branca utilizado criminosamente nas linhas de pipa para obter vantagens em disputas. Segundo o código penal brasileiro, soltar pipa com linhas com cerol pode implicar nos seguintes crimes: perigo de vida (Artigo 132 – detenção de três meses a um ano); dano (Artigo 163); lesão corporal (artigo 129 – de um a oito anos de detenção); com morte é considerado homicídio (Artigo 121), com pena de 12 a 30 anos de prisão.

Redação com Cabulosopb