BESSA GRILL
Início » Notícias » Presidente de CPI Hugo Motta nega existência de contrato com empresa fantasma

Presidente de CPI Hugo Motta nega existência de contrato com empresa fantasma

Hugo Motta nega a existência de denúncia por contrato com empresa fantasma

7/08/2015 17:42

O deputado federal Hugo Motta (PMDB) negou a existência de denúncia formulada pelo Ministério Público, no Estado de Pernambuco, contra ele sobre suposto esquema envolvendo empresas de locação de veículos. A informação reproduzida em alguns veículos da imprensa, nesta sexta-feira (7), a empresa KMC Locadora, registrada na cidade de Itapetim (PE), teria realizado contratos fraudulentos com a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco.201508070436340000006243

De acordo com matéria publicada pelo ‘Blog d Ney Lima’, os promotores pernambucanos pediram a quebra do sigilo bancário da KMC Locadora e dos sócios e descobriram uma ligação financeira com a empresa RM&MC Locações. As duas, inclusive, participavam das mesmas tomadas de preço em contratos com o poder público.

Ainda segundo o blog, as duas empresas teriam fornecido seus serviços alternadamente, de fevereiro de 2011 a março
de 2013, para locação de veículos e embarcações ao deputado federal Hugo Motta, que atualmentepreside a CPI da Petrobras na Câmara dos Deputados.

Mensalmente o deputado fazia pagamentos, através da verba de gabinete, com parcelas que variavam entre cinco e R$ 10 mil. Os valores somados chegam a R$ 230 mil, gasto com locação de veículos e embarcações.

Confira a nota do deputado na íntegra:

O Deputado Federal, Hugo Motta (PMDB/PB), vem esclarecer os seguintes pontos relacionados às publicações na imprensa afirmando suposta denúncia contra o parlamentar em contratos de locação de veículos:

1 – Não existe denúncia oferecida contra o parlamentar;

2 – Todos os contratos de locação já foram auditados pela Câmara dos Deputados, pelo Tribunal de Contas da União e pelo Ministério Público Federal, sendo verificada a comprovação da prestação efetiva dos serviços e proferindo decisão pelo arquivamento;

O parlamentar reitera o compromisso com a legalidade e a moralidade, princípios da administração pública, e condena qualquer tentativa de macular sua imagem perante a opinião pública.

www.reporteriedoferreira.com