BESSA GRILL
Início » Notícias » Policial Militar é acusado de atirar em duas pessoas durante Carnaval de Várzea-PB

Policial Militar é acusado de atirar em duas pessoas durante Carnaval de Várzea-PB

Militar continua foragido, e as suspeitas indicam que a "briga" teria acontecido por questões políticas

5/03/2014 08:42

Um Policial Militar, pertencente ao quadro de efetivos da 3ª Cia da PM, de Santa Luzia, identificado como Paulo Lima, é acusado de atirar em via pública e balear duas pessoas, na cidade de Várzea (Paraíba), neste domingo, 2.

O tiroteio aconteceu em meio à festa de Carnaval da cidade, que acontecia no Centro da cidade, na noite deste domingo, 2. O policial não estava de serviço e brincava juntamente com a população, porém, ainda não há informações a respeito do que teria provocado o tiroteio.

As vítimas foram identificadas como Jorge Araújo, que é funcionário da prefeitura de Várzea, e Leonardo Assis, filho de um popular identificado apenas por José de Solon. Os dois rapazes sofreram lesões no abdômen e foram socorridos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados para Campina Grande. Até o fechamento desta edição não havia informações sobre os estados de saúde das vítimas.

O militar continua foragido, e as suspeitas indicam que a “briga” teria acontecido por conotações políticas, mas a informação ainda é considerada extraoficial. Segundo fontes, a pedido da Cúpula da PM em João Pessoa, o tenente coronel Cunha Rolim, comandante da PM em Patos, teria sido designado para ir à Várzea e apurar em detalhes toda a situação.

Da Redação (Com Patos Online)