BESSA GRILL
Início » Notícias » Polícia registra quatro assassinatos em menos de 24h em João Pessoa

Polícia registra quatro assassinatos em menos de 24h em João Pessoa

19/07/2015 21:55

 

11695919_615967341840132_6718078324713052153_nHomem é morto com um tiro nas costas e morre em frente a um bar no Bairro das Indústrias em Joao Pessoa na Paraiba

Homem de 28 anos foi assassinado por volta das 22h da noite deste sábado (18) quando estava do lado de fora de um bar na rua 02 de Novembro, Bairro das Indústrias, em João Pessoa.

A vítima mais conhecida como “Dezenove” estava sentada e bebendo com amigos quando foi atingido por um tiro nas costas. Ele morreu ainda sentado na cadeira do bar.

A única pista que a Polícia tem são duas bicicletas, aparentemente abandonadas, encontradas próximas ao local do crime.

 

07f6d6e6df20150719103710

Um ex-presidiário de 28 anos foi morto com dez tiros tiros na manhã deste domingo (19), na comunidade Beco do Aratu, no bairro da Ilha do Bispo, em João Pessoa, Paraíba. Segundo as primeiras informações, o homem

foi baleado quando havia saído da casa da mãe para comprar materiais que seriam usados no preparo do almoço da família.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima identificada como Adriano José da Silva, estava de moto quando foi atingida por disparos na cabeça e nas costas. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. O suspeito do crime ainda não identificado. O caso está sendo investigado.

Três pessoas foram assassinadas na noite deste sábado (18), na Grande João Pessoa.

Segundo informações da Polícia Militar, todos os crimes aconteceram em um intervalo de 1h, nas cidades de Bayeux, Santa Rita e na Capital. Em nenhum dos casos houve prisões de suspeitos.

VITIMA DÉBORA DE AZEVEDO GOMES

VITIMA DÉBORA DE AZEVEDO GOMES

Débora de Azevedo Gomes, de 28 anos, mais conhecida como “Maga Pio”, foi morta por volta das 20h50. Ela foi baleada na Rua Severino Ramalho, no Centro do Município de Bayeux. De acordo com relatos de um policial da região, ela já foi detida com drogas e passou quatro meses e quinze dias na prisão.

Por volta das 21h10, um jovem de 25 anos foi assassinado com vários tiros na cabeça, na Rua Chico Mendes, em uma comunidade conhecida como “Biquinha”, no bairro de Várzea Nova. Testemunhas relataram que a vítima trabalhava como vigilante de rua, mas não deram detalhes sobre como o crime teria acontecido. O terceiro homicídio foi registrado às 21h50, na Rua 2 de Novembro, no bairro das Indústrias. A vítima conhecida por “19” foi atingida por tiros na cabeça.

 

 

www.reporteriedoferreira.com