BESSA GRILL
Início » Notícias » Polícia registra em menos de 24h, quatro assassinatos no Agreste da PB

Polícia registra em menos de 24h, quatro assassinatos no Agreste da PB

19/12/2014 00:10

 

981f71810009411o9t4o1888_fotoPelo menos quatro pessoas foram assassinadas nas últimas 24h no Agreste do estado. Os homicídios ocorreram entre a manhã dessa quarta-feira (17) e a madrugada desta quinta (18) nos municípios de Esperança, Mulungu, Itabaiana e Coxixola.

 

Por volta das 0h30, um homem de 39 anos faleceu após ser atingido por três tiros na cidade de Coxixola. A vítima estava na casa da companheira quando o ex-marido dela invadiu a residência e efetuou os disparos. Conforme relatos da mulher à polícia, o suspeito ainda teria agredido a vítima com coronhadas na cabeça. Ela informou que havia se separado do autor do crime há aproximadamente sete meses.

 

A polícia acredita que o homem não aceitava o fim do relacionamento e por isso matou o atual companheiro da ex-esposa. Após cometer o crime, o suspeito fugiu em um carro. A ex dele acredita que o homem possa ter ido para a cidade de Caraúbas. A polícia realizou rondas nas proximidades do cenário do crime, mas não localizou o suspeito.

4l91e3124061i185989f213_file

Já por volta das 1h50, em Mulungu, o corpo de um homem foi encontrado dentro de um prédio em construção. O corpo da vítima apresentava marcas semelhantes às deixadas por facadas. A polícia ainda investiga a autoria e motivação do crime.

 

Na noite dessa quarta-feira (17), uma pessoa foi encontrada morta na cidade de Itabaiana, por volta das 19h. A vítima apresentava ferimentos na região da cabeça e do tórax. A polícia acredita que ela tenha sido atingida por objetos cortantes e também por arma de fogo. O corpo foi levado para perícia no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).  A polícia ainda investiga a autoria e motivação do crime.

 

Durante a manhã, um homem de 62 anos foi assaltado e assassinado após deixar uma agência bancária da cidade de Esperança. Ele havia recebido uma herança no valor de R$ 13 mil e foi abordado por uma dupla em uma moto. A vítima teria resistido à abordagem e dado apenas uma parte do dinheiro aos assaltantes. Eles entraram em luta corporal e o idoso acabou sendo atingido por disparos de arma de fogo. A dupla fugiu do local e até as 7h desta quinta-feira (18) ainda não foi identificada pela polícia.

www.reporteriedoferreira.com