BESSA GRILL
Início » Notícias » PLANTÃO POLICIAL: Motoqueiro morre após colisão com árvore no Acesso Oeste,na Capital

PLANTÃO POLICIAL: Motoqueiro morre após colisão com árvore no Acesso Oeste,na Capital

22/12/2012 05:26

Um motoqueiro voltava do trabalho quando se envolveu em um acidente no Acesso Oeste, próximo a entrada do bairro da Ilha do Bispo, em João Pessoa.

Ele colidiu com uma árvore e quebrou o pescoço.

O Samu foi acionado, mas quando chegou a vítima já estava em óbito.

Polícia apreende mais de 150 pedras de crack

Uma investigação dos policiais do 7º Batalhão resultou na prisão de Márcio Valério de Sousa Pereira, 23 anos. Ele foi detido na noite desta terça-feira (21) no bairro de Marcos Moura em Santa Rita.

Com o acusado foram encontradas 150 pedras de crack, uma espingarda calibre 12, dinheiro e uma pedra maior de crack pesando cerca de 200 gramas.

De acordo com o coronel Jorge, o acusado foi localizado após minuciosa investigação. Márcio Valério f

oi conduzido para a 6ª Delegacia Distrital.

 

 

 

 

 MOTOBOY É PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR CRIANÇA DE CINCO ANOS

 

Um motoboy foi preso por policiais militares na noite desta sexta-feira (21), sob acusação de ter praticado estupro a uma criança de cinco anos. A vítima é sobrinha da esposa do acusado e a própria família foi quem acionou a polícia.

Vítima e acusado foram conduzidos para a Delegacia da Infância e Juventude e após prestarem depoimentos foram conduzidos para o Instituto de Medicina Legal (IML), realizar exames para apontar se houve conjunção carnal.

Em depoimento à polícia, familiares contaram que teriam visto o acusado e a vítima dentro da casa e quando bateram na porta, João Paulo teria saído ‘desconfiado’ e a criança informou que o suspeito havia tocado as partes íntimas. O fato aconteceu no bairro de Jaguaribe.

Um motoboy foi preso por policiais militares na noite desta sexta-feira (21), sob acusação de ter praticado estupro a uma criança de cinco anos. A vítima é sobrinha da esposa do acusado e a própria família foi quem acionou a polícia.

Vítima e acusado foram conduzidos para a Delegacia da Infância e Juventude e após prestarem depoimentos foram conduzidos para o Instituto de Medicina Legal (IML), realizar exames para apontar se houve conjunção carnal.

Em depoimento à polícia, familiares contaram que teriam visto o acusado e a vítima dentro da casa e quando bateram na porta, João Paulo teria saído ‘desconfiado’ e a criança informou que o suspeito havia tocado as partes íntimas. O fato aconteceu no bairro de Jaguaribe.