BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão; Policial militar é preso acusado de integrar quadrilha de assalto a bancos

Plantão; Policial militar é preso acusado de integrar quadrilha de assalto a bancos

5/04/2013 23:04

Pm 01O cabo da Polícia Militar da Paraíba, Lúcio Edísio de Negreiros Silva, de 36 anos, foi preso na tarde desta sexta-feira (5), durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar, na cidade de Campina Grande. Na casa do policial foram apreendidas sete armas, sendo uma submetralhadora e duas espingardas calibre 12, cinco coletes, oito bananas de dinamites, grampos, capuzes, aparelhos celulares, além da quantia de R$ 5 mil e uma arma de brinquedo. O acusado prestou depoimento ao delegado Henri Fábio, de Roubos e Furtos da cidade.

De acordo com o comandante da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, o cabo já estava sendo investigado pelo serviço de inteligência da PM e pela Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande. “Estamos cortando na própria carne. Qualquer desvio de conduta não será aceito de forma alguma pelo Comando da Polícia Militar. Vinte e um policiais já foram excluídos do quadro. Vários conceitos de disciplina e de justificação já foram abertos. Os conceitos se aplicam desde o soldado até o oficial”, afirmou o comandante da Polícia.

Pm 02O cabo Lúcio Elísio foi encaminhado para a Central de Polícia de Campina Grande, onde foi autuado em flagrante, em vários artigos do código penal, por crime comum. O policial também vai responder medida administrativa aplicada pelo conselho de disciplina da Polícia Militar.

De acordo com o comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel Souza Neto, a quadrilha, a qual o suspeito integrava, se reuniu recentemente para planejar uma explosão neste fim de semana. A polícia acredita que o material apreendido, além de dois veículos e três motos, seria utilizado no ataque. “O cabo já estava sendo investigado há alguns meses. Mesmo em se tratando de um policial as investigações correram da mesma forma aplicada a um civil. Tivemos isonomia durante toda a ação”, disse o comandante do 2º Batalhão.

Pm 03O policial militar vai ser encaminhado para um dos Batalhões da Polícia Militar, onde vai permanecer recolhido.

 

 

Acidente deixa três feridos em Santa Rita

 Um acidente deixou três pessoas gravemente feridas, em Santa Rita, no final da tarde desta sexta-feira (05). Duas que trafegavam em direções opostas acabaram colidindo. As vítimas foram socorridas pelo Samu e pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados ao hospital de Trauma de João Pessoa.

José Augusto dos Santos, de 39 anos, sofreu uma forte pancada na cabeça. Fabiano Vieira, de 30 anos, teve uma fratura exposta na perna. Os dois estavam na mesma moto na hora do acidente. O terceiro piloto, que não teve condições de se identificar, além de várias escoriações menores pelo corpo, teve um grande corte na região genital.

MORRE JOGADOR QUE FOI BALEADO QUANDO COMEMORAVA ANIVERSÁRIO EM BAYEUX
thb1_1to863o715f6239171452317_fotoA Federação Paraibana de Futsal emitiu um comunicado na manhã desta sexta-feira (5) informando o falecimento do atleta Diogo de Menezes Silva (24), que havia sido baleado na noite da última quinta-feira (4) durante a comemoração do seu aniversário.

Natural de Bayeux (PB), Diogo integrou a Seleção Paraibana que participou do Desafio Seleção Paraibana x Seleção Brasileira em fevereiro de 2012, e foi campeão brasileiro em 2012 com o Treze F. Clube.

A Federação diz que será respeitado um minuto de silêncio em memória de Diogo neste sábado (6), durante os jogos do campeonato paraibano Adulto Feminino, em Campina Grande.

O jogador da Seleção Paraibana de Futebol de Campo, Diogo Menezes da Silva (24) foi atingido com dois tiros na noite de quinta-feira (4), no bairro Alto da Boa Vista, em Bayeux, região metropolitana de João Pessoa. O amigo dele, identificado como Eliel Junior Bezerra (25), também sofreu disparos no tórax e na perna.

Segundo a Polícia Militar, Diogo estava comemorando seu aniversário junto com amigos, próximo ao campo do Internacional, quando dois homens chegaram de moto e o carona efetuou vários disparos em direção ao grupo.

O aniversariante foi baleado na cabeça e na mão; já Eliel Bezerra foi atingido no tórax e na perna. Ambos foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma, na Capital, onde somente Eliel permanece internado em estado regular.

 

Os acusados pelos disparos e as causas do crime ainda são desconhecidos.