BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão Policial; Marido mata a mulher por ciúmes após ler mensagem no celular

Plantão Policial; Marido mata a mulher por ciúmes após ler mensagem no celular

Suspeito, que confessou o crime em depoimento à polícia, foi encontrado caminhando perto do local do assassinato e com a roupa toda suja de sangue, na cidade de Aguaí

27/12/2012 06:08

Após receber a mensagem de um homem pelo celular, uma mulher de 54 anos foi assassinada a facadas pelo marido na madrugada desta quarta-feira em Aguaí, no interior paulista. O autor confessou o crime e o motivo: ficou enciumado.

A vítima é Rosa Maria Ambrósio Justino, que trabalhava como acompanhante de idosos. Seu corpo foi encaminhado para exames no IML (Instituto Médico Legal) e em seguida liberado para sepultamento. O enterro aconteceu no final da tarde desta quarta-feira no cemitério de São João Batista (SP), onde reside a família da mulher. De acordo com a polícia, o crime foi registrado no bairro Bom Gosto, em Aguaí (SP).

A mulher foi encontrada morta por uma filha no interior de sua casa, localizada na rua Francisco Lotufo. A polícia então foi acionada e localizou o suspeito – que não teve o nome revelado – caminhando perto do local do crime e com a roupa toda suja de sangue.

O homem não esboçou reação e contou ter ficado transtornado ao ler o texto, cujo teor e o autor não foram divulgados. Ele foi preso por homicídio doloso e encaminhado para a cadeia pública de São João da Boa Vista. O delegado de Aguaí, Alessandro Serrano, abriu inquérito para apurar o caso.

 Agência Estado

Motociclista morre após colisão

Um acidente envolvendo uma moto e um carro resultou na morte de Mário Gomes Chaves, 52 anos. De acordo com relato de testemunhas, a vítima conduzia a moto no acostamento quando perdeu o controle e invadiu a via. Ainda de acordo com populares, o veículo teria encostado na parte traseira da motocicleta e o condutor foi arremessado contra o carro.

Uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas o idoso morreu no local.

O acidente ocorreu no KM 2 da BR 230, sentido Cabedelo. A vítima estava sem capacete e conduzia uma moto traxx.

HOMEM É PRESO ACUSADO DE MATAR CAPIVARA

Um mecânico de 43 anos foi preso na noite desta quarta-feira (26) após capturar e matar uma capivara. O crime ambiental ocorreu entre os bairros de Valentina e Mangabeira, em João Pessoa

A prisão aconteceu após policiais do Batalhão Ambiental receberem a informação de que um homem havia capturado e matado o animal. Ao chegar ao local, o crime foi constatado. O acusado foi conduzido para a 9ª Delegacia Distrital, onde ficou detido.

A capivara foi morta com tiros de uma arma de fabricação caseira e ‘pauladas’. O animal foi apreendido próximo ao Rio Cuiá. “Perto da casa do acusado há uma vegetação onde as capivaras vão para se alimentar”, explicou o sargento Valdenilson.

Testemunhas informaram que esta não é a primeira vez que o acusado captura e mata animais. O corpo do animal será periciado e depois encaminhado para o Centro de Triagem Animal.

O acusado foi autuado no artigo 24 do Decreto Federal 6.514/2008 e terá que pagar multa de R$ 500 por ter abatido a capivara. Se o animal estivesse ameaçado de extinção, a multa poderia chegar até R$ 5 mil.

O mecânico foi enquadrado ainda no artigo 29 da Lei 9.605 que versa sobre crimes ambientais. Se condenado, terá que cumprir de seis meses a um ano de detenção e também ser multado. Ele terá prazo de vinte dias para apresentar a defesa junto Superintendência do Meio Ambiente (Sudema).

Tambau 247

Assaltantes usam tecnologia para roubar caixa eletrônico

 Assaltantes usam tecnologia para roubar  caixa eletrônico

Ladrões violaram nesta terça-feira (25) um caixa eletrônico do Banco  do Brasil da cidade de Jacaraú,localizada no Litoral Norte paraibano.
De acordo com informações do capitão Alberto Filho, comandante do policiamento  de Mamanguape, o gerente da agência recebeu a informação da central que um dos terminais eletrônicos tinha sido invadido por vírus instalado por um equipamento sofisticado.
O crime foi detectado pela central de Brasilia, após o sistema ter sido invadido pela a ação de hackeres.
” Os policiais entraram na agência, mas não encontraram nenhum sinal de arrombamento, nem equipamentos utlizados para explosão. Porém, uma inspeção mais minuciosa encontramos fios do caixa rompidos e alguns equipamentos de informática deixados no local.
O capitão Alberto ainda falou que os criminosos cortaram os cabos de dados do caixa eletrônico, conectaram os adaptadores e controlaram o caixa por meio do teclado wireless. “Com um  Pen Drive ( Sandisk ) contendo vírus, os criminosos determinam que o caixa passe a liberar todo o dinheiro como se estivesse efetuando um saque normalmente. Desta forma, não precisa explodir o caixa, e libera todo o dinheiro sem problema”