BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão: Polícia registra dois assassinatos e assalto a carro forte na Paraíba

Plantão: Polícia registra dois assassinatos e assalto a carro forte na Paraíba

plantão dessa segunda-feira ( 09 )

10/12/2013 01:34

 genro é suspeito de matar sogra

esfaqueada

A  mulher  Iracema Malheiros, 56 anos, foi morta na noite de ontem,  segunda-feira (9) na Comunidade Santa Clara, no bairro Castelo Branco, nesta Capital. A idosa foi esfaqueda e morreu na hora e corpo já se encontra no DML.

De acordo com a polícia, a vitima  estava dentro de sua residência quando um homem chegou e desferiu golpes de faca contra a mesma.

Testemunhas estão acusando um genro da vítima de ter cometido o crime. Segundo o filho da mulher, a sua irmã estaria separada do acusado e este não aceitava o fim da relação.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas ao chegar ao local a vítima já estava em óbito.

Segundo o filho da vítima, Ricardo Malheiros, disse que a irmã estava separada de Eduardo.

Bandidos assaltaram Carro-forte

Carro-forte é assaltado no AgresteUm grupo  homens armados assaltaram um carro-forte que fazia reabastecimento de caixas eletrônicos de um supermercado localizado no bairro da Estação Velha em Campina Grande. O bando estava fortemente armado e além do dinheiro conseguiram levar as armas dos seguranças.

Segundo informações de pessoas que estavam no local, o bando estava dentro do supermercado no momento que os seguranças entraram com o malote com dinheiro. Os homens renderam as vítimas e levaram cerca de R$ 200 mil dos seguranças. As pessoas que estavam fazendo pagamentos nos caixas eletrônicos também foram assaltadas.

O bando fugiu em uma caminhonete Amarok, da Volkswagen, prata. A Polícia Militar continua realizando rondas, mas até o momento os bandidos não foram localizados.

Homem é morto com vários tiros no meio da rua em Santa Ritaplantão

Everaldo Xavier da Silva estava caminhando na Rua Rodrigues Alves na comunidade Alto das Populares em Santa Rita na manhã desta segunda (9) quando foi surpreendido por homens que já chegaram atirando.

O homem não resistiu aos ferimentos e morreu no meio da rua. No local impera a lei do silêncio e os moradores afirmam que “não viram nada”.

A suspeita é que ele era viciado em drogas e estaria devendo aos traficantes. A polícia acredita que os acusados estavam de moto, mas a informação também não foi confirmada.