BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão; Parlamentar morre vítima de acidente e estuprador troca tiros com a polícia.

Plantão; Parlamentar morre vítima de acidente e estuprador troca tiros com a polícia.

plantão desse domingo ( 15 )

16/12/2013 11:26

Vereador morre vítima de acidente no Sertão

O vereador João Batista da Costa, mais conhecido como João de Vicentinho (foto), de 44 anos faleceu no inicio da noite deste domingo (15) numa estrada vicinal que liga as localidades rurais de Caiçara e Bonfim no município de Vieirópolis.

De acordo com informações, o vereador pilotava uma motocicleta quando teria perdido o controle e sofrido uma queda. Ao ser encontrado com fraturas pelo corpo, a vitima foi levada para o Hospital Santa Teresinha.

O médico de plantão Dr. Celso e o também médico e ex-prefeito de Vieirópolis Marcos Pereira, decidiram encaminhar o corpo para o IML em Patos. Parlamentar pelo segundo mandato, João de Vicentinho era filiado ao PTC (Partido Trabalhista Cristão), representava a bancada de oposição e foi eleito em 2012 com 257 votos pela coligação ‘Por Amor a Vieirópolis’.

Luto

O prefeito Antônio César Braga e o presidente da Câmara, Hélio Reginaldo Dias sinalizaram pelo decreto de luto por três dias no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo, respectivamente. Suplente Com a morte do vereador João de Vicentinho, o suplente Francisco Diogenis Andrade de Oliveira assumirá a titularidade do cargo.

Natural de Sousa, Diogenes tem 29 anos de idade, é filiado ao PMDB e alcançou 196 votos nas últimas eleições.

Estuprador atira contra Policial Militar durante perseguição e acaba preso no sertão

Uma troca de tiros aconteceu na tarde deste domingo (15), quando uma guarnição de Rádio Patrulha fazia rondas pela Favela do Piolho em Sousa, e ao realizar abordagem no pedreiro Flávio Ribeiro Alves, ele tentou fugir da polícia e ainda atirou contra a soldada Gilvaneide Tavares do 14º Batalhão de Polícia Militar de Sousa.

De acordo com informações da PM, a viatura fazia rondas pelo setor, quando o homem foi avistado em atitude suspeita. No momento da revista, o acusado saiu correndo e foi perseguido pela policial militar. O suspeito ao avistar que estava cercado pela polícia, puxou um revólver Cal. 38 e atirou contra a PM que revidou e disparou em direção ao acusado, no entanto ninguém saiu ferido. “Quando ele atirou, consegui me abrigar por trás de uma parede, e felizmente não fui atingida”, disse a SD Gilvaneide.

O acusado continuou correndo, mas se cortou em uma cerca de arame farpado, e foi capturado pelos policiais. A arma de fogo não estava mais com o infrator, mas durante uma revista pessoal, a PM apreendeu uma faca e uma quantia de 50 porções de maconha.

Na delegacia foi feita uma busca na Rede de Integração Nacional de Informações de Segurança Pública, Justiça e fiscalização (INFOSEG), onde foi constatado que existe um mandado de prisão em aberto contra Flávio Ribeiro Alves pelo crime de estupro.(Diário do Sertão)