BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão: Jovem é executado com doze tiros na Cidade Verde

Plantão: Jovem é executado com doze tiros na Cidade Verde

plantão dessa terça-feira ( 12 ) polícia tem nome de suspeito e não revela para não prejudicar as diligências.

13/11/2013 08:24

plantãopolical11111121111111111

O adolescente Davi Pereira da Silva, 16 anos, foi morto a tiros na noite dessa terça-feira (12). O crime aconteceu na rua Algodão das Praias, no Conjunto Patrícia Tomaz, no conjunto residencial  Cidade Verde.Segundo a polícia, o menor em conflito com a lei  foi atingido por oito tiros disparos uma pessoa não identificada e que estava a pé. Os familiares contaram que ele não tinha envolvimento com drogas e nem passagem pela polícia. O menor mora com a família no Conjunto da Aspom.
O corpo de Davi foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), afim de ser necropsiado e depois será liberado para sepultamento.

Agente penitenciário é preso tentando levar drogas e cachaça para presídio

A direção do presídio de Patos prendeu na noite dessa terça-feira (12) um agente penitenciário, recém-concursado, acusado de facilitar a entrada de objetos dentro da instituição.

O agente identificado pelas iniciais, G. R., de 23 anos, foi preso em flagrante delito tentando entrar com drogas, celulares e cachaça no interior do Presídio Romero Nóbrega.

O funcionário deve seu autuado por tráfico de drogas e facilitação de entrada de celular.

Juíza nega liberdade à João Paulo

A juíza Ana Flávia de Carvalho em decisão na tarde dessa terça-feira (12), negou o pedido de ‘habeas corpus’ a João Paulo Barbalho Inácio da Silva, que provocou o acidente que matou o construtor Bruno Fonseca, neste fim de semana.

O pedido foi solicitado pelos advogados que representam João Paulo, de 28 anos, detido em flagrante após a colisão com o carro de Bruno, na manhã do último domingo (10).

Com a medida, João Paulo continua detido no 5º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Valentina Figueiredo.

O construtor morreu depois que a pick-up do bacharel em Direito, que vinha em alta velocidade segundo testemunhas, invadiu a contramão no cruzamento das avenidas Tertuliano de Castro e Ostêncio Osterno Carneiro e bateu em seu Fiat Siena, causando ferimentos leves na jovem esposa de Bruno.

Redação com 247