BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão: Jornalista é assaltado e Polícia desbarata quadrilha no Cariri

Plantão: Jornalista é assaltado e Polícia desbarata quadrilha no Cariri

plantão desta quarta-feira ( 11 )

11/12/2013 22:11

Jornalista é assaltado na praia do Cabo Branco

O jornalista Vanderly Farias foi assaltado, na tarde desta qujarta-feira (11), na orla da praia do Cabo Branco, em João Pessoa (PB). Ele contou a polícia que parou o seu carro, um Corsa Cinza, em frente à empresa Faz Comunicação e ao descer do veículo foi surpreendido por dois homens armados de revólveres.

Os assaltantes colocaram uma arma na sua cabeça e levaram seu o carro e alguns objetos pesoais, que estava no interior do veículo. Felizmente, vanderli foi deixado sem nenhum ferimento no local do assalto.

A Polícia Militar foi acionada e iniciou as investigações e buscas e poucos minutos depois o carro foi encontrado nas proximidades do Posto de Saúde da Família (PSF) do conjunto Mangabeira VIII.

A polícia ainda chegou a trocar tiros com os bandidos, mas eles conseguiram escapar por dentro do mato.

Da Redação (com Assessoria)

Polícia desbarata quadrilha acusada de roubar animais no Cariri

Policiais da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar conseguiram deter, na manhã desta quarta-feira (11), dois pernambucanas e um paraibano suspeitos de integrarem uma quadrilha acusada de roubar animais da zona rural das cidades de Barra de São Miguel, Riacho de Santo Antônio e Caraúbas, localizadas no Cariri.

Foram presos: Antônio Carlos da Silva Cardoso, de 24 anos, morador da cidade de Caraúbas (PB), e Wedson Farias dos Santos, de 22, residente em Santa Cruz do Capibaribe (PE). Uma adolescente de 13 anos também foi apreendida na ação.

De acordo com o comandante da 3ª CIPM, Major João Batista Guimarães, policiais da Força Tática e do Destacamento da cidade montaram um cerco, durante a madrugada, na zona rural da cidade de Barra de São Miguel, e conseguiram interceptar os suspeitos no momento em que eles estavam praticando os roubos. “Os policiais já vinham monitorando o grupo, que costumavam agir sempre durante a madrugada da quarta-feira. Depois de roubar os animais eles desciam com os bichos para vender na feira do gado em Campina Grande”, informou o Major.

Ainda segundo o oficial, a quadrilha instalou um depósito dentro de uma fazenda para esconder os animais roubados. Dentro do veículo em que eles utilizavam nas ações foram apreendidas facas, tesouras e lanternas.

O grupo foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil de Barra de São Miguel, onde pelos menos 10 vítimas já reconheceram os acusados e recuperaram animais.

Da Redação (com Assessoria)