BESSA GRILL
Início » Notícias » Plantão: bandidos invadem casa e matam Jovem no Vieira Diniz

Plantão: bandidos invadem casa e matam Jovem no Vieira Diniz

Plantão desta quarta-feira 17 de julho de 2013

17/07/2013 20:14

Jobson Vieira Barreto, de 25 anos, ainda foi socorrido, mas morreu ao dá entrada no Trauma

O jovem Jobson Vieira Barreto, de 25 anos, foi assassinado, na tarde desta quarta-feira (17), após ter sua residência, localizada na comunidade Vieira Diniz, por dois homens e sofrer vários disparos de revolver 38.

Jobson ainda chegou a ser socorrido por uma ambulância de resgate do Corpo de Bombeiros, mas morreu ao dar entrada o hospital de Trauma de João Pessoa.

Segundo a polícia, os dois elementos teriam tentado matar o pai da vítima na semana passada. O homem, que não teve o nome revelado, teria presenciado um assassinato cometido pela dupla.

Com relação à Jobson, a polícia investiga se já um mandado de prisão expedido contra ele.

Da Redação
Informações e foto de Aguinaldo Mota

 

Seap prende ‘terror’ do Padre Zé no interior do Fórum Criminal

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP), por intermédio de levantamentos e investigações promovidas pela Gerência de Inteligência (GEPLASI) e com o apoio do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) deu cumprimento na tarde desta terça-feira (16), a mais um mandado de prisão de alto risco, que resultou na recaptura do apenado Willyams dos Santos Alves, conhecido com “Sapão”.

A prisão ocorreu no interior do Fórum Criminal de João Pessoa (PB), especificamente, no rol do 1º Tribunal do Júri. Willyams é natural de João Pessoa e acusado da prática do crime de homicídio.

No momento da prisão Willyams dos Santos Alves não reagiu. Segundo levantamentos promovidos pela GEPLASI, “Sapão”, encontrava-se aterrorizando a comunidade do Bairro de Padre Zé, em João Pessoa, efetuando “toque de recolher” e ameaçando pessoas.

Para o secretário de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, “é de fundamental importância para sociedade e para o engrandecimento do Sistema Prisional da Paraíba, o cumprimento de mandados de prisão de auto risco”. “Só tenho a parabenizar os agentes penitenciários pelo brilhante trabalho desenvolvido”, completou.

Da Redação com Assessoria