BESSA GRILL
Início » Internacionais » Partido de Netanyahu vence eleições em Israel

Partido de Netanyahu vence eleições em Israel

18/03/2015 11:28

 

israelO primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu cumprimenta aliados na sede eleitoral do partido em Tel Aviv. (Foto: Dan Balilty / AP Photo)

O partido nacionalista Likud, liderado pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, ganhou as eleições realizadas em Israel. Segundo a “EFE”, a vitória foi por uma boa margem de diferença sobre a coalizão de centro-esquerda União Sionista, cujo cabeça de chapa é o trabalhista Isaac Herzog.

O site da “BBC” fala em “surpresa”, já que pesquisas de boca de urna tinham indicado empate do partido de Netanyahu com a oposição. Já o “New York Times” diz que “foi uma reviravolta impressionante em relação às últimas pesquisas que indicavam uma vantagem de quatro ou cinco lugares” da oposição. O “The Guardian” aponta que a vitória de Netanyahu não será saudada com alegria na Casa Branca.

saiba mais

Bocas de urna apontam empate entre partido de Netanyahu e oposição
Netanyahu descarta Estado palestino se for reeleito
Segundo a EFE, os resultados oficiais divulgados na madrugada desta quarta-feira (18) pela Comissão Eleitoral, apontam que ao término da apuração de quase 100% dos votos emitidos, o Likud obteve 29 cadeiras, contra 24 das União Sionista, o que que revalidará Netanyahu à frente do governo israelense pela terceira vez consecutiva.

Além disso, os resultados indicam que a Lista Árabe Conjunta conseguiu 14 cadeiras no novo parlamento, três a mais que o partido de centro, Yesh Atid.

O Kulanu, de centro-direita, aparece logo depois, com dez, enquanto o ultranacionalista Lar Judaico ficou com oito assentos, um a mais que o ultraortodoxo sefaradita Shas.

Já os ultraortodoxos ashkenazis do Judaísmo Unido da Torá conseguiram seis cadeiras, mesmo número que os ultranacionalistas do Yisrael Beiteinu, na frente do partido pacifista Meretz, que fecha a lista com cinco cadeiras.

Devido à grande fragmentação do Knesset, o parlamento israelense, que tem um total de 120 cadeiras, para formar o governo é necessário o apoio de pelo menos 61 deputados.

Na noite de terça (17), quando as pesquisas de boca de urna mostravam um empate técnico, Netanyahu anunciou que convocará a seu Executivo todos os partidos de direita e os ultra-ortodoxos, com os quais alcançará uma maioria estável de 67 cadeiras.

www.reporteriedoferreira.com G1