BESSA GRILL
Início » Notícias » Papa deixou cheques para paróquia de Varginha e hospital, diz Arcebispo do RJ

Papa deixou cheques para paróquia de Varginha e hospital, diz Arcebispo do RJ

29/07/2013 16:37

ArcebispoO Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, afirmou nesta segunda-feira (29), em entrevista ao RJTV, que o Papa deixou uma contribuição em dinheiro para a comunidade de Varginha e também para o Hospital São Francisco, na Tijuca.

“O Papa deixou auxílio, um cheque de 20 mil euros tanto para a paróquia de Varginha quanto ali para o hospital”, afirmou Dom Orani.

Papa visitou o Hospital São Francisco na quarta-feira (24), quando se encontrou com ex-dependentes. A comunidade de Varginha foi visitada no dia seguinte, quinta-feira (25).

Para o arcebispo, a transferência da vigília e da Missa de Envio de  Guaratiba foi o momento mais difícil da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Apesar disso, ele avalia que a realização do evento em Copacabana foi um “exemplo do jeito brasileiro de resolver as coisas”. Ainda segundo ele, Guaratiba não ficará “esquecida”. “O mundo olhou para aquela região”, disse.

Dom Orani afirmou que realizar a vigília e a missa em Guaratiba era um sonho da arquidiocese e que a Igreja contou com parcerias para tornar possível a infraestrutura. Mas, Dom Orani ressaltou que o Brasil viveu dias de clima atípico, que influenciaram as condições no Rio de Janeiro.

PAPA1

“Nós sonhamos, nós planejamos, nós nos preocupamos com tudo. E tem as surpresas que ocorrem e que não estão dentro do nosso planejamento”, disse. “Quem está acostumado com frio de 14º C, 10º C, a última semana com frio, inclusive.”

“Deus atua também através daquilo que não imaginamos”, disse. “Surpresas fazem parte”, disse.

Mas, para o arcebispo, a mudança do evento para Copacabana também foi uma oportunidade de superação. “O povo carioca deu um belo exemplo”, disse, ressaltando que tudo correu bem e não foram registrados problemas significativos.

Segundo Dom Orani, bispos e religiosos envolvidos no acolhimento dos peregrinos relataram que os visitantes se mostraram impressionados com o “calor” do povo carioca, que foi um dos destaques da Jornada.

 

 

 

 

Do G1