BESSA GRILL
Início » Notícias » Operação Pão e Circo: Procuradoria pede afastamento de prefeitos investigados

Operação Pão e Circo: Procuradoria pede afastamento de prefeitos investigados

3/07/2012 19:12

A Procuradoria Geral de Justiça da Paraíba, a pedido do procurador Oswaldo Trigueiro, protocolou na última segunda-feira(2) os pedidos de afastamento dos prefeitos presos na Operação Pão e Circo, que ocorreu na quinta-feira(28).

Foram presas 28 pessoas, entre elas três prefeitos de municípios paraibanos: Renato Mendes, de Alhandra; João da Ultilar, de Sapé; e Doutor Chiquinho, de Solânea. Eles são suspeitos de superfaturar contratos para a realização de eventos.

A polícia acredita que mais de R$ 65 milhões tenham sido desviados dos cofres públicos.

O objetivo é evitar que os acusados, caso continuem exercendo suas atividades, possam a atrapalhar as investigações. A medida cautelar ainda será julgada pelo Tribunal de Justiça. “Diante da vasta documentação que tem o Ministério Público, fica claro que esses gestores estão moralmente incapazes de exercer suas funções”, disse o procurador.

O prazo da prisão temporária encerrou nessa segunda-feira(2), e os prefeitos já estão soltos.