BESSA GRILL
Início » Notícias » Operação Lei Seca realiza maior blitz do ano e flagra 69 embriagados

Operação Lei Seca realiza maior blitz do ano e flagra 69 embriagados

30/12/2012 16:58

Com ações simultâneas nas praias do Bessa, Cabo Branco e Penha, a Operação Lei Seca realizou, durante a madrugada, o que pode ser considerada a maior blitz do ano. Sessenta e nove condutores, entre motoristas e motociclistas, foram flagrados dirigindo sob efeito do álcool e 14 foram levados para a delegacia. As barreiras policiais foram montadas nos três locais, abordando 478 veículos, dos quais todos os condutores foram submetidos ao teste de alcoolemia.

A fiscalização começou às 22h do sábado (28) e só terminou neste domingo (29), por volta das 8h, aplicando um total de 149 multas. Quarenta e nove veículos foram apreendidos, dos quais 39 com o licenciamento em atraso. Também foram apreendidas três motocicletas do tipo cinquentinha.

A superblitz, que faz parte do esquema de fiscalização e segurança montado pelo Governo do Estado para as festas de final de ano, aconteceu uma semana depois das modificações sancionadas pela presidente Dilma Roussef, nos valores da multa e nos critérios para o flagrante na aplicação da chamada ‘Lei Seca’, publicadas no Diário Oficial da União do dia 21 de dezembro, com efeito imediato.

O valor da multa, que era de R$ 957,70, passou para R$ R$ 1.915,40. Se houver reincidência em até um ano, a multa é dobrada, sendo elevada para R$3.830,80. As alterações nos artigos 165, 262, 276, 277 e 306 da Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997, também modificam a forma de autuação em flagrante. Agora, o estado de embriaguez pode ser comprovado pelo uso dos bafômetros (verificando se há concentração igual ou acima de 6 dg/L de álcool no sangue ou de 0,3 mg/L);  por sinais que indiquem, segundo o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a alteração da capacidade psicomotora, além de  imagens, vídeos, testemunhas e outras provas lícitas.

A pena para os infratores continua sendo de detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo. A infração é gravíssima, com 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação, recolhimento do veículo e da CNH  e suspensão do direito de dirigir por um ano.

 

 

 

 

da Secom