BESSA GRILL
Início » Notícias » Operação apreende drogas, armas e eletroeletrônicos em presídios

Operação apreende drogas, armas e eletroeletrônicos em presídios

22/08/2013 12:01

Durante operações de segurança em duas unidades prisionais da Paraíba nesta quarta-feira (21), agentes penitenciários encontraram vários objetos ilícitos, entre eles, rádios, celulares, microsistem, aparelhos de TV e de DVDs, além de drogas e armas brancas. As inspeções foram realizadas pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), através daGerência Executiva do Sistema Penitenciário (Gesipe) e o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe), na Cadeia de Alagoinha e no Presídio do Roger, em João Pessoa.

Em Alagoinha, a ação, intitulada Operação Alfa, foi solicitada pela juíza da Comarca, Inês Cristina Selbmann. Foram encontrados 54 papelotes de maconha, várias armas brancas, três play station, pen drives, rádios, seis telefones celulares, microsistem, quatro televisores e três DVDs.

O secretário de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, já determinou a instauração de uma sindicância administrativa para apurar conivência de servidores com a entrada desse material na Cadeia de Alagoinha.

No Presídio do Roger, na Capital, foi realizada a Operação Bravo, quando agentes penitenciários apreenderam 12 celulares, três armas brancas e maconha.

As ações fazem parte do cronograma determinado pela Seap, visando moralizar o sistema prisional paraibano e desarticular possíveis núcleos criminosos existentes em algumas unidades prisionais. A Corregedoria da Seap, em parceria com a Gerência de Inteligência (Geplasi), está investigando a possibilidade de participação de funcionários públicos nas ações.

“A determinação do governador é agir de forma contundente, disciplinadora e repressiva de Cabedelo a Cachoeira dos Índios. Onde houver unidade prisional na Paraíba, o poder do Estado chegará e prevalecerá”, garantiu o secretário Wallber Virgolino.

 

 

 

 

da Secom