BESSA GRILL
Início » Notícias » Noite de quarta-feira(2) registra dois assassinatos, sequestro e incêndio

Noite de quarta-feira(2) registra dois assassinatos, sequestro e incêndio

3/01/2013 04:42

A segunda noite do ano de 2013 foi bastante tumultuada.

O plantão policial registrou desde incêndio a sequestro e assassinatos na Região Metropolitana de João pessoa.

No início da noite, um médico foi assaltado quando chegava no edifício Marseile no bairro do Bessa. Os assaltantes levaram celulares, relógio, cordão e outros objetos. Na fuga os assaltantes efetuaram disparos para ao alto. A polícia esteve no local para apurar informações e iniciou as buscas pelos acusados.

Na rua 12 de Outubro, em Jaguaribe, um jovem de 19 anos, que segundo a polícia, é usuário de drogas, teria pedido dinheiro ao pai, que negou. Em represália, o jovem jogou um cigarro no sofá, que pegou fogo. O bombeiro foi chamado para conter as chamas. Ninguém se feriu.

No bairro do valentina mais um assassinato foi registrado. Foi o quinto em menos de 24h no bairro.

Desta vez o crime aconteceu na rua dos Limoeiros, na comunidade Mussumago. A vítima foi identificada como Luis Alves Filho, que aparenta ter cerca de 55 a 60 anos. Ele foi atingido por um golpe de foice no pescoço.

A polícia recebeu a informação de que um homem tinha sido morto na comunidade e uma viatura do Batalhão Ambiental, que estava próximo ao local, foi até a casa e constatou o fato.

Ninguém soube informar quem teria praticado o homicídio, nem quantas pessoas participaram da ação. De acordo com o cabo Casado, a porta da frente foi arrombada e os acusados entraram e executaram a vítima em cima da cama.

Minutos depois, na comunidade Colinas do Sul, no Grotão, mais um assassinato foi registrado. A vítima foi o ajudante de pedreiro Sandro Marques da Silva, 20. O crime aconteceu na rua José de Carvalho Costa Filho. Testemunhas informaram que o jovem estava em frente a sua casa quando foi morto. Ele foi atingido por cerca de quatro disparos.

Em Intermares, três homens teriam invadido uma casa e mantido uma família refém. Várias viaturas foram acionadas, fizeram várias buscas, mas nada foi constatado.

 

 

 

 

da Redação