BESSA GRILL
Início » Esportes » No Palestra Itália; Vasco da Gama vence Palmeiras e recebe elogios de toda Imprensa

No Palestra Itália; Vasco da Gama vence Palmeiras e recebe elogios de toda Imprensa

10/11/2015 00:14

imagesA vontade de escapar do rebaixamento pôde mais que o desejo de retornar ao G4 do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo. Com a derrota por 2 a 0 no Palestra Itália, o Palmeiras fica ainda mais longe do grupo de classificados à Copa Libertadores e o Vasco, que entrou em campo como lanterna, renova suas esperanças de permanecer na elite.

Com os mesmos 48 pontos ganhos, o Palmeiras, a quatro rodadas do final do Campeonato Brasileiro, figura apenas na nona colocação da tabela. Já o Vasco chega aos 33 pontos e pode terminar a jornada na penúltima colocação do torneio nacional.

Vindo de três derrotas consecutivas, o Palmeiras volta a campo para enfrentar o Atlético-PR às 21 horas (de Brasília) do dia 18 de novembro, em Curitiba. Já o Vasco, reabilitado após uma série de cinco jogos sem ganhar, pega o Corinthians no dia seguinte, às 22 horas, no Rio de Janeiro.

Rafael Silva, de cabeça, e Nenê, após falha infantil da defesa do Palmeiras, marcaram os dois gols do Vasco ainda na primeira etapa. O Palmeiras procurou o ataque no segundo tempo, sem sucesso. A equipe do Rio de Janeiro jogou de forma inteligente e manteve o placar inalterado.

O Jogo – O Vasco dominou o Palmeiras desde o começo e saiu na frente aos 34 minutos do primeiro tempo. Rafael Silva cabeceou com precisão após cobrança de escanteio de Nenê do lado esquerdo e a bola ainda tocou na trave de Fernando Prass antes de entrar.

Seis minutos depois, o Vasco aproveitou mais uma trapalhada da defesa palmeirense para marcar o segundo. Rafael Silva dividiu com Egídio e Thiago Santos, Vitor Hugo não conseguiu afastar e a bola sobrou para Nenê. O atacante, com passagem pelo Palmeiras, encobriu Fernando Prass com um toque sutil e aumentou a vantagem.

O Palmeiras, vulnerável na defesa, foi inoperante no ataque durante o primeiro tempo e não conseguiu nada além de inofensivos chutes de longe disparados por Rafael Marques e Barrios. O time foi para o vestiário vaiado e, no intervalo, um torcedor demonstrou sua fúria ao ser focalizado pela câmera do beijo.

Com Kelvin no lugar de Rafael Marques, o Palmeiras voltou melhor no segundo tempo, até porque seria difícil jogar pior. Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio pelo lado direito, o volante Thiago Santos cabeceou na trave do gol defendido por Martín Silva.

Lucas Barrios, discreto na partida, caiu sozinho no gramado e, aos 18 minutos, foi substituído por Alecsandro. Pouco depois, vendo o G4 mais longe, Marcelo Oliveira teve a ideia de promover a estreia de Felipe Gabriel, contratado em maio, e colocou o meio-campista no lugar de Egídio, deslocando Zé Roberto para a ala esquerda.

O final da partida foi melancólico para os cerca de 28.000 palmeirenses que foram ao Palestra Itália e, diante do futebol exibido pelo time de Marcelo Oliveira, alguns preferiram deixar o estádio dez minutos antes do fim do tempo regulamentar. Não perderam nada. Os que ficaram, gritaram que a Copa do Brasil é obrigação.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 2 VASCO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 8 de novembro, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa/RS)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa/SE)
Público: 28.800
Renda: R$ 1.775.007,50
Cartões amarelos: Jackson (PAL); Luan, Serginho, Riascos e Madson (VAS)
Gols:
VASCO: Rafael Silva, aos 34 minutos do primeiro tempo, e Nenê, aos 40 minutos do primeiro tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Vitor Hugo e Egídio (Felipe Gabriel); Thiago Santos, Robinho, Zé Roberto e Rafael Marques (Kelvin); Lucas Barrios (Alecsandro) e Gabriel Jesus
Técnico: Marcelo Oliveira

VASCO: Martín Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Serginho, Diguinho, Andrezinho e Nenê (Rafael Vaz); Riascos (Eder Luis) e Rafael Silva (Julio dos Santos)
Técnico: Jorginho

www.reporteriedoferreira.com Agências