BESSA GRILL
Início » Notícias » Mulher é executada, Colisão deixa condutor preso às ferragens e Homem tenta matar família com explosão de botijão.

Mulher é executada, Colisão deixa condutor preso às ferragens e Homem tenta matar família com explosão de botijão.

4/08/2014 19:41
IMG-20140804-WA0029-1_wm_wmMulher é assassinada na calçada em Santa Rita

Mulher é assassinada na calçada em Santa RitaUma mulher foi assassinada no município de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, nesta segunda-feira (04). O homicídio aconteceu no bairro Alto das Populares.

A vítima foi identificada como Evanice da Silva Muniz, de 21 anos. Ela foi morta na Rua Pedro Charéu, conjunto Aderbal Soares, por volta das 16h.

A Polícia Militar ainda não tem informações sobre os acusados. Também não foram conhecidos os motivos para a execução da vítima. A PM continua fazendo buscas e investigações.

(Foto: Luis Carlos

Colisão deixa condutor preso às ferragens

IMG-20140804-WA0050Dois veículos colidiram na tarde desta segunda-feira (4) no Km 66 da BR-230, depois de Café do Vento, sentido João Pessoa.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o motorista do caminhão, de 36 anos, ficou preso às ferragens e foi retirado por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Apesar do susto, o condutor teve apenas ferimentos leves. O acidente aconteceu por volta de 14h.

Redação 

Homem tenta matar mãe e irmã com explosão de botijão de gás

Homem tenta matar mãe e irmã com explosão de botijão de gásUm homem foi preso em Cajazeiras acusado de tentar matar a mãe e irmã explodindo um botijão de gás. A Polícia Militar conseguiu detê-lo neste domingo (03).

O fato aconteceu no bairro Capoeiras, onde a família mora, na Zona Sul de Cajazeiras. O homem conhecido como Fabinho tentou matar a mãe, Tereza Pereira da Silva, e a irmã, Jocélia da Silva Oliveira, mas não conseguiu explodir um botijão de gás.

Depois da tentativa frustrada, o acusado feriu a mãe com um golpe de faca. Ela foi atingida no supercílio, mas não teve nenhuma lesão grave. A vítima foi atendida no Hospital Regional de Cajazeiras, onde fez exame de corpo delito.

Já o agressor foi preso em flagrante pela Polícia Militar e levado até a Delegacia de Polícia Civil de Cajazeiras. Ele prestou esclarecimentos ao delegado, que o encaminhou para a cadeia.  (Fotos: Diário do Sertão)