BESSA GRILL
Início » Nacionais » Mariana-MG; vítimas estão desaparecidas após rompimento de barragens; três são crianças

Mariana-MG; vítimas estão desaparecidas após rompimento de barragens; três são crianças

Segundo a prefeitura de Mariana (MG), entre os desaparecidos estão 13 moradores do município afetado pela tragédia

7/11/2015 17:53

O número de desaparecidos em decorrência do rompimento das barragens no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), chegou a 25, informou a prefeitura da cidade, em coletiva de imprensa realizada na tarde deste sábado (7). Entre eles estão três crianças, uma de 4, uma de 5 e outra de 7 anos de idade.

Estimativa é que cerca de 60 milhões de m³ de rejeitos vazaram na tragédia em Mariana
LÉO FONTES/O TEMPO

Estimativa é que cerca de 60 milhões de m³ de rejeitos vazaram na tragédia em Mariana

Do total de desaparecidos, 13 são funcionários da mineradora Samaco, responsável pelas barragens, e 12 moradores do distrito. As equipes do Corpo de Bombeiros continuam o trabalho de buscas. Até o momento, uma morte foi confirmada.

“Temos relatos de pessoas que viram outra sendo levada pelo fluxo de terra. Outro sabia que tal pessoa estava em tal local, em tal máquina, e a máquina foi soterrada, então essa pessoa está desaparecida. A gente trabalha com esses relatos”, disse o tenente do Corpo de Bombeiros André Vitti, em entrevista ao programa “Revista Brasil”, da Rádio Nacional, durante a manhã.

Diante do cenário de destruição, o tenente afirmou que o alcance da tragédia teria sido ainda maior caso moradores de Bento Rodrigues não tivessem conseguido deixar a região assim que souberam do rompimento das barragens.

Veja fotos da tragédia em Bento Rodrigues:

Rompimento de barragem de rejeitos da mineradora Samarco inundou  com lama tóxica o vilarejo de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), na quinta-feira (5). Foto: Agência Brasil
Devido ao mar de lama que se espalhou pela área, cerca de 2 mil pessoas precisaram deixar suas casas. Foto: Agência Brasil
Voluntários organizam no Convenções Alphonsus Guimaraens, no centro da cidade de Mariana, donativos recebidos aos desabrigados da Barragem do Fundão. Foto: ASCOM/Prefeitura de Mariana

“Houve informações para as pessoas de que a barragem tinha se rompido, então muitas conseguiram deixar o local. Com certeza, se não tivesse tido essa informação, teríamos centenas de desaparecidos porque a cidade de Bento Rodrigues foi completamente devastada.”

Pelo menos 128 residências foram atingidas em Bento Rodrigues, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Na sexta-feira (6), o prefeito de Mariana, Duarte Júnior, disse que as famílias que perderam suas casas em consequência do rompimento das barragens da mineradora Samarco vão deixar o ginásio onde estão abrigadas e serão levadas para hotéis da cidade e de municípios vizinhos. Segundo Duarte, os diretores da empresa se disponibilizaram a pagar a locação dos imóveis para essas famílias.

Assista ao desespero de funcionários ao constatarem rompimento de barragens:

As barragens de Fundão e Santarém, da Samarco, se romperam na tarde de quinta-feira (5), inundando a região com lama, rejeitos sólidos e água usados no processo de mineração.

www.reporteriedoferreira.com    *Com Agência Brasil