BESSA GRILL
Início » Notícias » Levantamento parcial do MP contesta 1.850 candidaturas no País

Levantamento parcial do MP contesta 1.850 candidaturas no País

21/07/2014 07:20

Os números ainda são parciais, mas levantamento do Ministério Público Federal sobre a análise de candidaturas para as eleições 2014 feito pela Procuradoria Geral Eleitoral e por 26 Procuradorias Regionais Eleitorais já contestou 1.850 nomes até a última sexta-feira (18). No total, foram analisados 20 mil pedidos de registro no País.

As contestações – ou impugnações, como são chamadas pelo MP -, embasadas em irregularidades que podem impedir as candidaturas, serão agora analisadas pela Justiça Eleitoral. Boa parte delas têm relação com a chamadaLei da Ficha Limpa: um total de 367 casos.

O número, no entanto, é pequeno, segundo expectativa do MP. Isso porque ainda não foram incluídos todos os Estados na análise, o que inclui São Paulo, maior colégio eleitoral do País, onde 1.150 pessoas foram apresentadas por partidos e coligações, na última segund-feira (14).

O prazo para candidatos contestarem as impugnações é de sete dias. Quem analise os pedidos é a Justiça Eleitoral, que pode deferir ou não os registros. Aqueles que forem impedidos por ela a participarem do pleito ainda podem recorrer da decisão e continuar com a campanha enquanto não houver a confirmação do cancelamento do registro. Caso o indeferimento ocorra após a eleição e diplomação do candidato, seu diploma será declarado como nulo.

IG