BESSA GRILL
Início » Esportes » Ídolo da torcida, “Paredão” Genivaldo se despede do Botafogo-PB

Ídolo da torcida, “Paredão” Genivaldo se despede do Botafogo-PB

O goleiro defendeu as cores do time Alvinegro por sete temporadas

4/10/2015 05:59

Depois de sete anos defendendo o gol Botafogo-PB, o ídolo Genivaldo, a princípio, não faz parte dos planos do clube para o próximo ano. A diretoria já havia acertado a rescisão contratual dos atletas em fim de contrato após a eliminação na Série C, e o “Paredão”, como é conhecido pelotorcedor do Belo, estava nessa situação.201510031054320000004857

Diferente dos outros anos, a diretoria não se manifestou sobre uma possível renovação de vínculo com o arqueiro. Então na tarde da última sexta-feira (02), em tom de despedida, por meio de uma rede social, Genivaldo agradeceu ao clube e toda torcida pelos anos em que representou o Botafogo Futebol Clube.

Foram 209 partidas em que o goleiro protegeu as metas do Botafogo-PB. Sempre apoiado pela torcida, foi quatro vezes campeão vestindo a camisa do Belo. Em 2010 venceu Copa Paraíba, e em 2013 e 2014, bicampeão paraibano, além do título de campeão brasileiro da série D, em 2013. Por estar em maus e bons momentos do clube, virou uma referência em um futebol em que times são montados e desfeitos a cada temporada.

A última partida de Genivaldo pelo Botafogo-PB foi no último dia 12, quando o Belo saiu derrotado por 2 a 1 para o Vila Nova-GO, no estádio Almeidão, em partida válida pela série C. No primeiro treino após a partida, o arqueiro lesionou o joelho direito, e ainda está em fase de recuperação.

Confira o texto:

“Aqui deixo meu muito obrigado a todos. Feliz por ter deixado uma história de conquistas. Mais de 200 partidas por este clube que me estendeu a mão. Foram quase sete anos de muita dedicação e comprometimento. Estou saindo pela mesma porta que entrei, deixando aberta. Eu e minha família somos gratos pelas amizades que construímos. Gostaria de citar todos. Agora quero ter a tranquilidade para descansar e aguardar novas oportunidades. E tenho a certeza que dei meu máximo sendo leal e honesto. Posso pôr minha cabeça no travesseiro e dormir tranquilo. Trabalho bem feito. Que eu seja lembrado por muitos ano. Minha história no clube nunca se apagará. Obrigado, Botafogo!!!”

www.reporteriedoferreira.com Voz da Torcida