BESSA GRILL
Início » Esportes » Guerrero voltou! Peruano marca, e Corinthians bate Danubio

Guerrero voltou! Peruano marca, e Corinthians bate Danubio

Corinthians fez 2 a 1 no Danubio no Uruguai e encaminhou vaga nas oitavas de final da Libertadores de 2015

18/03/2015 03:54

O Corinthians manteve o ótimo rendimento no ano de 2015 na noite desta terça-feira. Com atuação consciente, a equipe paulista foi até o Uruguai e conseguiu vitória por 2 a 1 sobre o Danubio, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores de 2015. O clube alvinegro chegou a desperdiçar pênalti com Renato Augusto, mas conseguiu dois gols no segundo tempo para sair com a vitória – ainda levou gol no fim em arrancada adversária, mas que não tirou a vitória. Veja todos os detalhes do jogo aqui.

O time de Tite faz início impressionante na Libertadores de 2015. Em cinco jogos, contando dois da Pré-Libertadores contra o Once Caldas, foram quatro vitórias e um empate, com dez gols marcados e dois sofridos. No Grupo da Morte, foram três vitórias nos três primeiros jogos, sendo duas delas fora de casa. E mais: ainda não perdeu em jogos oficiais em 2015. Que isso, Tite!
O Danubio começou o duelo assustando o Corinthians com cabeceada defendida por Cássio, e demorou para o time comandado por Tite acordar em campo. As – raras –oportunidades de gol surgiram só depois da metade do primeiro tempo, sendo que o lance de mais perigo foi em chute de Emerson. Os paulistas sofriam no último passe e não conseguiram exercer seu jogo como imaginavam, mas reclamaram de possível pênalti em claro puxão em Guerrero.

felipecorinthiansmatildecampodonicoapJadson teve trabalho com a defesa uruguaia Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Jadson teve trabalho com a defesa uruguaia
Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
A volta para a etapa final mostrou um Danubio mais ousado, que acreditou mais na vitória após não sofrer gols no primeiro tempo. O Corinthians sofreu com o crescimento do time uruguaio e chegou a ser envolvido em alguns momentos, mas de novo tomou as rédeas. Os visitantes tiveram a chance de sair na frente em pênalti, mas Renato Augusto mandou longe, por cima do gol.

Os corintianos não se abateram com o gol e continuaram em cima. Tanto é que pouco depois Guerrero abriu o placar, em linda finalização de primeira após cruzamento. Ainda houve tempo de mais um, com o zagueiro-artilheiro Felipe. Já nos acréscimos da partida, o Danubio diminuiu com golaço após arrancada individual de Barreto.

Com nove pontos na liderança do Grupo 2, o Corinthians já praticamente encaminha vaga na próxima fase da Libertadores. São Paulo e San Lorenzo, outros gigantes do grupo com três pontos cada, se enfrentam nesta quarta, sem chances de ultrapassarem os alvinegros. Os paulistas voltam a campo pela Libertadores na próxima quarta, contra o mesmo Danubio, às 22h (de Brasília), em Itaquera.

jadsondominadanielaugustojragcorinthiansVeja fotos de Danubio x Corinthians pela Libertadores
Foto: Matilde de Campodonico / AP Foto: Matilde de Campodonico / AP Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

GOLS:

Danubio 0 x 1 Corinthians – 22min do segundo tempo
Fágner cruzou da direita, e Guerrero pegou de primeira para abrir o placar.

Danubio 0 x 2 Corinthians – 34min do segundo tempo
Jadson cobrou falta da esquerda e Felipe marcou de cabeça.

Danubio 1 x 2 Corinthians – 47min do segundo tempo
Barreto fez linda jogada e driblou quase toda defesa corintiana. O atacante invadiu a área, deu um drible em Gil e tocou na saída de Cássio. Um golaço!

Guerrero de volta com gol! E teve pênalti?

O jogo da noite desta terça-feira marcou a volta de Guerrero à Libertadores. Após suspensão de três jogos por expulsão na Pré-Libertadores, o peruano entrou em campo ao lado de Emerson Sheik no ataque alvinegro. No primeiro tempo, o atacante reclamou de pênalti após sofrer puxão na grande área do Danubio. Foi? Só que nem necessitou do lance: no segundo tempo, Guerrero garantiu a vitória e, de quebra, passou Tevez para ser o maior artilheiro estrangeiro da história corintiana.

www.reporteriedoferreira.com  Terra