BESSA GRILL
Início » Esportes » Gol de Rafael manteve invencibilidade do Vasco e garantiu a classificação

Gol de Rafael manteve invencibilidade do Vasco e garantiu a classificação

19/05/2016 00:16

Um gol do zagueiro Rafael Vaz aos 47 minutos do segundo tempo manteve a invencibilidade do Vasco e garantiu a classificação da equipe carioca para a terceira fase da Copa do Brasil. O Vasco empatou em 1 a 1 com o CRB em jogo dramático, disputado na noite desta quarta-feira, em São Januário. O resultado fez o time cruzmaltino chegar a 28 partidas sem derrota. Na próxima fase da competição nacional, o Vasco vai enfrentar o Santa Cruz.

RIO DE JANEIRO - RJ - 18/05/2016 - Copa do Brasil 2016 - Rafael Vaz do Vasco comemora seu gol contra o CRB durante partida em Sao Januario. Foto: Alex Carvalho/AGIF

RIO DE JANEIRO – RJ – 18/05/2016 – Copa do Brasil 2016 – Rafael Vaz do Vasco comemora seu gol contra o CRB durante partida em Sao Januario. Foto: Alex Carvalho/AGIF

A partida foi emocionante e o CRB fez excelente partida. O time alagoano saiu na frente do placar e deu muito trabalho à equipe carioca. A estrela de Jorginho começou a brilhar na noite chuvosa quando ele decidiu trocar o atacante Thalles pelo zagueiro Rafael Vaz. E o zagueiro, a exemplo do que já feito contra o Flamengo, mostrou oportunismo e salvou sua equipe.

O jogo – Diante de um público muito pequeno, o Vasco começou a partida trocando passes com lentidão, tentando estudar o adversário. Aos quatro minutos, Nenê bateu falta na área, mas Thales não conseguiu chegar na bola. A resposta do CRB veio no minuto seguinte, quando o zagueiro Luan falhou e Gerson Magrão fez um cruzamento na direção de Neto Baiano que entrava pelo meio, mas Marcelo Mattos conseguiu evitar que o lançamento chegasse ao atacante.

Aos nove minutos, o time alagoano quase marcou o primeiro gol. Neto Baiano foi lançado nas costas da zaga, entrou na área e bateu cruzado, mas a bola saiu muito perto da trave esquerda.

O time carioca não se assustou e, aos dez minutos, Jorge Henrique enfiou para Nenê, mas o goleiro Juliano saiu com precisão e ficou com a bola.

A partida seguia equilibrada porque o CRB jogava sem mostrar receio. Aos 19 minutos, Gerson Magrão invadiu pela esquerda e bateu para ótima defesa de Martín Silva, que espalmou para escanteio.

O campo pesado por causa da chuva constante impedia que as duas equipes atuassem com velocidade. Aos 25 minutos, o Vasco desperdiçou sua melhor oportunidade. Nenê lançou Bruno Ferreira que fez passe perfeito para Yago Pikachu, na entrada da pequena área, chutar por cima do travessão defendido por Juliano.

Aos 29 minutos, o CRB marcou o primeiro gol. Luan derrubou Neto Baiano na entrada da área. Diego bateu com categoria no ângulo esquerdo e Martín Silva nem se mexeu.

O Vasco tentou partir para buscar o gol do empate, mas só não sofreu o segundo aos 36 minutos porque Martín Silva tirou a bola dos pés de Luidy, que estava pronto para marcar.

A torcida cruz-maltina começou a mostrar irritação com o desempenho da equipe que não conseguia furar a defesa alagoana e ainda era constantemente ameaçado. No final do primeiro tempo, os jogadores da equipe carioca saíram vaiados de campo.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o atacante Eder Luis no lugar do lateral-direito Bruno Ferreira. Yago Pikachu voltou para a lateral. E o time de São Januário quase empatou no primeiro minuto. Nenê bateu escanteio, Thales cabeceou e Diego salvou na linha do gol. O time dirigido por Jorginho aumentou a pressão enquanto o CRB recuou para defender a vantagem. Aos oito minutos, Nenê escorou para Thalles que chutou forte, mas a zaga bloqueou a conclusão do atacante.

Aos 14 minutos, Jorge Henrique chutou forte e Rivaldo cortou com o braço. Na cobrança da infração, Nenê chutou no meio do gol e Juliano fez a defesa. O time carioca se mandava para o ataque e deixava espaços para o adversário. Aos 17 minutos, Martín Silva voltou a aparecer bem para defender um chute forte de Neto Baiano.

Jorginho ainda trocou o volante Marcelo Mattos pelo meia Evander para tentar dar maior velocidade às jogadas de ataque. Jorge Henrique passou a atuar mais recuado. O problema é que Eder Luis entrou mal e desperdiçava quase todas as jogadas, para desespero da torcida.

Aos 26 minutos, Julio Cesar foi lançado por Nenê, invadiu a área e caiu em choque com Olívio, mas o árbitro nada marcou. Logo depois, Eder Luis recebeu livre na área e chutou em cima do goleiro Juliano.

Jorginho surpreeendeu a torcida ao trocar o atacante Thalles pelo zagueiro Rafael Vaz, que passou a atuar na frente. Nos minutos finais, o Vasco se lançou desesperadamente ao ataque e acabou marcando o gol que manteve a invencibilidade da equipe e garantiu a classificação. Aos 47 minutos, Eder Luis cruzou e o improvisado Rafael Vaz entrou para deslocar o goleiro Juliano e decretar o resultado da partida.

FICHA TÉCNICA

VASCO-RJ 1 X 1 CRB-AL

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 18 de maio de 2016 (Quarta-feira)

Horário: 19h30(de Brasília)

Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Lucio Beiersdorf Flor (RS)

Cartão Amarelo: Marcelo Mattos(Vas); Olívio, Neto Baiano, Rivaldo, Juliano(CRB)

GOLS: VASCO: Rafael Vaz, aos 47 minutos do segundo tempo

CRB: Diego, aos 29 minutos do primero tempo

VASCO: Martín Silva, Bruno Ferreira(Eder Luis), Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Marcello Mattos(Evander), Pikachu, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Thalles(Rafael Vaz)

Técnico: Jorginho

CRB: Juliano; Bocão, Audálio, Diego Jussani e Diego; Olívio, Rivaldo, Matheus Galdezanni(Wigor), Gerson Magrão e Luidy(Rodolfo); Neto Baiano

Técnico: Mazola Júnior

www.reporteriedoferreira.com  Gazeta Esportiva