BESSA GRILL
Início » Notícias » Final de semana sangrento, polícia registra quinze assassinatos

Final de semana sangrento, polícia registra quinze assassinatos

24/08/2015 19:02

Seguem as estatísticas de assassinatos na Paraíba, batendo recordes. Foram 12 homicídios no último final de semana, e dois deles até chamaram ainda mais a atenção pela ousadia dos criminosos: um assassinato que ocorreu domingo (dia 23) em plena Praia do Cabo Branco, diante de várias testemunhas, e o outro que foi registrado bem ao lado da Central de Polícia do Varadouro.

Com esses casos do final de semana, aproxima-se de 1 mil o número de assassinatos no Estado, nesses primeiros oito meses (incompletos) do ano. Os dados foram levantados por portais e blog especializados em cobertura policial, cruzados com informações da própria Polícia Militar. Essa estatística dá cerca de quatro assassinatos por dia na Paraíba dos tempos republicanos.

O quadro – Da noite de sexta-feira para a noite de domingo, foram registrados oito assassinatos em João Pessoa (Tambiá, Conjunto José Américo, Rangel, Centro, Nova Mangabeira, Mandacaru, Varadouro e Cabo Branco) e mais em dois em Patos e Campina Grande. Os números sugerem um cenário de guerra civil no Estado.

11921658_627227817380751_4964384530362605193_nMulher é morta sentada em sofá dentro de casa
Uma mulher foi assassinada no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, na noite desse domingo (23). Na região, já havia sido registrado um homicídio durante o dia, próximo às Cinco Bocas.

Ela foi identificada como Iara Cristina da Silva, de 33 anos. A vítima foi morta a tiros dentro da residência onde estava assistindo televisão. Ela morreu sentada em uma poltrona, após ser atingida por cerca de cinco disparos de arma de fogo.

Segundo informações da polícia, um homem entrou no imóvel e já chegou atirando, sem que houvesse chance de defesa para a mulher. O motivo e o autor não foram identificados até as 11h desta segunda-feira (24). Nenhum suspeito foi detido nas buscas feitas pela PM. A equipe da Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) recolheu o corpo.

Homem é assassinado em ponto de ônibus no bairro Valentina, em JP
11954609_627356090701257_300009016619860238_n
Um homem foi assassinado no bairro Valentina Figueiredo, na Zona Sul de João Pessoa, no início da manhã desta segunda-feira (24). O motivo do crime não ficou esclarecido e o autor ainda não foi identificado.

A vítima não teve o nome revelado e morreu ainda no local, sem chances de socorro. A Polícia Militar isolou a área até a chegada da equipe da Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol).

 

Homem Atingido por facadas na cabeça e no peito e consegue fugir pulando muro de casa na cidade de Sousa

Um homem de 41 anos de idade foi ferido a facadas na cabeça e no peito e ainda assim conseguiu pular o muro de algumas casas e fugir dos criminosos, sendo socorrido para o hospital. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (23), no município de Sousa, no Sertão paraibano, a 438 km de João Pessoa.11896158_627226160714250_5290573146726774994_n

Segundo a polícia, a vítima estava andando por uma das ruas do bairro Angelim quando teria sido surpreendida por dois homens que iniciaram o ataque.

“A vítima nos contou que os suspeitos não disseram nada e foram logo dando os golpes de faca, atingindo a cabeça e o peito do rapaz. Mesmo ferido ele conseguiu fugir dos bandidos e pular o muro de algumas casas até cair no chão e pedir socorro a população. Ele ainda nos informou o nome dos bandidos e estamos tentando encontrá-los”, afirmou a Polícia Militar.

Ferido, a vítima foi socorrida com vida pelo Samu e lavada para o Hospital Regional de Sousa. O Portal Correio tentou contato com o hospital para saber o estado de saúde da vítima, mas não teve as ligações atendidas.

www.reporteriedoferreira.com