Homicio RangelO fim de semana foi marcado pela violência na Paraíba. Somente do último sábado (24) até a madrugada dessa segunda-feira (26), foram registradas 10 mortes violentas na grande João Pessoa. Além disso, seis pessoas foram baleadas .

Os crimes aconteceram nos bairros do Rangel, Valentina, Cruz das Armas, Torre, Mangabeira, na Capital; e nas cidades de Cabedelo, Santa Rita e Conde, respectivamente.

Santa Rita

Na madrugada do sábado (24), a jovem Patrícia Ribeiro, 19 anos, foi vítima de bala perdida na cidade de Santa Rita. Ela foi socorrida para o Hospital Flávio Ribeiro e depois transferida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. O boletim emitido pela assessoria do órgão confirmou a morte da mulher.

No início da tarde do domingo (25), um homem foi executado com dois disparos na cabeça no Distrito de Livramento. A polícia apurou que ele estava bebendo com mais cinco pessoas em bar da localidade quando o crime aconteceu. Apesar de ter testemunhas, ninguém quis comentar o assunto. A vítima não foi identificada.

Já na noite de domingo, um homem identificado como ‘Bola’ foi assassinado no Loteamento Santo Amaro. Ele estava acompanhado de uma mulher em um bar quando em determinado momento ela se retirou para ir ao banheiro. De lá, ela ouviu os disparos e ao retornar para a mesa encontrou o homem morto. O detalhe é que esse bar onde eles estavam fica próximo ao 7º Batalhão de Polícia.

Cabedelo

Por volta de 19h, do sábado, um homem ainda não identificado foi assassinado com vários disparos de arma de fogo. O crime aconteceu no Jardim Gama. Um dos tiros chegou a atingir a cabeça da vítima que foi encontrada sentada numa moto com o capacete no braço.

Ainda em Cabedelo, Fabiano Gomes de Lima, 29 anos, foi morto a tiros na noite deste domingo. O fato aconteceu por volta de 19h no bairro Renascer 3. A família informou que o jovem não tinha envolvimento com a criminalidade.

Conde

Na zona Rural do Conde, um homem não identificado foi encontrado morto dentro do matagal próximo ao rio da Geladeira na Pousada de Conde.

No domingo, à noite, Marcone Beto da Silva, 30 anos, foi baleado no Sítio Guaxinduba, na zona rural do município. Ele foi atingido por seis disparos e socorrido para o Ortotrauma, no bairro de Mangabeira, onde veio a óbito.

Mangabeira

No bairro de Mangabeira, Vogan da Silva Garcia 24 anos, foi assassinado com vários tiros na Avenida Josefa Taveira. Segundo informações colhidas pela polícia, ele tinha saído de uma casa de eventos no bairro do Rangel e estaria sendo seguido por um carro branco.

Torre

O estudante Carlos Leonardo Almeida Júnior, 23 anos, foi executado na Avenida Beira Rio, no bairro da Torre, no início da manhã de domingo. Os acusados fugiram levando o cordão de prata, relógio e os tênis da vítima. O jovem conduzia uma moto pela avenida, quando próximo à lombada, precisou diminuir a velocidade e foi abordado por dois homens armados. Conforme a polícia, a vítima foi rendida pela dupla que anunciaram o assalto. Ele não teria reagido, mas foi ferido por dez tiros de pistola 380.

Na noite de domingo, três pessoas foram baleadas na Avenida Beira Rio. Testemunhas contaram à polícia que dois rapazes passaram em uma moto efetuando disparos. João Batista foi atingido por um tiro no pescoço e outro nas costas. Moradores informaram que ele não tem envolvimento com a criminalidade. Um guarda municipal foi ferido por um disparo de raspão. A terceira vítima não foi identificada, mas também foi atingida de raspão.

Rangel

No Bairro do Rangel, Maria Josefa Estevão, 38 anos, foi morta em um bar. Um homem também ficou ferido pelos disparos. A polícia informou que dois homens chegaram em uma moto e enquanto o condutor estacionava, o ‘carona’ desceu e efetuou os tiros. A vítima caiu próximo a uma mesa. Nenhum suspeito foi preso.