BESSA GRILL
Início » Notícias » Fiel acusa pastor de pedir voto dentro de Igreja em Sousa

Fiel acusa pastor de pedir voto dentro de Igreja em Sousa

7/09/2012 23:33

O site de notícias Conexão Sertão da cidade de Sousa divulgou esta semana uma matéria onde o pastor da igreja Universal do Reino de Deus de Sousa, foi acusado por uma senhora identificada como Francileide, de pedir voto durante culto evangélico para o candidato a prefeito André Gadelha (PMDB) da coligação “Unidos por Sousa”.

De acordo com o site, a denunciante que é moradora do bairro Várzeas das Almas afirmou que o pastor usou da Igreja Universal para fazer propaganda política irregular. A denúncia foi feita no programa “Bom Dia Sertão”, da rádio 104.3 FM.

Segundo Francileide, uma equipe passou em seu bairro convidando os moradores a participar de um culto evangélico na referida igreja e pediram aos fiéis que vestissem roupas da cor vermelha que representa o “Coração de Cristo”.

Entretanto, segundo a denunciante, o pastor usou de uma estratégia para vestir os fieis na cor de uma determinada coligação e pedir voto para um candidato a prefeito e uma candidata a vereadora da cidade, Maria Gonçalves Gadelha, conhecida como Maroly de Táta (PMN).

A senhora Francilene que denunciou o caso conseguiu fazer uma gravação em vídeo de um momento em que o prefeitável André Gadelha estava ao lado do pastor da Universal.

A reportagem do Portal Diário do Sertão não conseguiu localizar o pastor da igreja Universal para esclarecer a denúncia. Já o peemedebista, André Gadelha preferiu não se reportar sobre o assunto.

 

Da Redação (com Conexão Sertão)
Foto Diário do Sertão

Veja Vídeo