BESSA GRILL
Início » Notícias » EXCLUSIVO: Mulher diz saber quem participou da chacina da Rua do Rio

EXCLUSIVO: Mulher diz saber quem participou da chacina da Rua do Rio

surgiu como uma bomba a confissão da mulher Aline Cristina Alves de Oliveira ou Alexandra Oliveira,presa nesta madrugada na Capital

13/09/2012 06:36

Na madrugada de hoje,quinta-feira( 13 ) Policiais da Força Tática do 1º BPM,tendo a frente o Sargento Henriques,prenderam  a mulher Aline Cristina Alves de Oliveira ou Alexandra de Oliveira,nomes diferentes dados pela mesma a policia.Os policiais estavam em ronda quando a mulher pedia por socorro sob alegação de que três indivíduos de moto queria mata-la e que seria queima de arquivo.Ela disse a Polícia, que no dia em que aconteceu a Chacina da Rua do Rio,estava como carona de uma das Motos, conduzida por um dos envolvidos na chacina.A mulher foi levada para a Delegacia de Homicídios,onde foi apresentada ao Delegado Pedro Ivo,que estava de plantão. O Delegado, submeteu a mulher a oitiva e conversando com a reportagem do site reporteriedoferreira.com, disse  as declarações da mesma não tem muita consistência e que a mesma aparenta esta sob efeito de drogas,mesmo assim, fez  algumas revelações e forneceu nomes que merecem uma certa investigação acentuada. A mulher chegou a dizer que praticou um assassinato em João Pessoa, a polícia realizando buscas nos arquivos policiais, constatou que a mesma tem passagem pela polícia,porém, não está comprovado que exista mandado de prisão contra a mulher.Ela vai continua detida,segundo o Dr.Pedro Ivo e todas as informações serão checadas.

SINOPSE DA CHACINA

Um triplo homicídio aconteceu na madrugada  sábado (8), na Rua do Rio em Cruz das Armas.Os jovens estavam bebendo no bar do “Moquin”, que fica na Rua Nely Lins, onde estava havendo uma Seresta, quando três homens chegaram em duas motos, armados de revolver e espingarda calibre 12 e abriram fogo contra um grupo de pessoas.
Cinco pessoas foram atingidas, sendo que três morreram na hora.Morreram Luiz Henrique Guedes Falcão, 21 anos, Ivanildo da Silva Santos, 19 anos, e Edvaldo Celestino da Silva, 35 anos, conhecido como “Pai de santo Bau”.Rogério Luiz da Silva de 29 anos, e Francicleide Medeiros Lira de 38 anos, foram socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Huberto Lucena, por duas ambulâncias do Samu.Rogério foi atingido com dois tiros, um na perna e outro no abdome e seu estado de saúde é regular.Já Francicleide, esposa do tecladista, foi alvejada com dois disparos na cabeça e estar em estado gravíssimo.

Para familiares e amigos das vitimas, o crime é um mistério, porque todos eram pessoas de bem, trabalhadoras e não tinham envolvimento com a criminalidade.O delegado de homicídio Pedro Ivo, vai investigar os crimes para tentar elucidar esse misterioso caso.