BESSA GRILL
Início » Notícias » EXCLUSIVO: Inércia administrativa quer transformar Pitimbu em pocilga

EXCLUSIVO: Inércia administrativa quer transformar Pitimbu em pocilga

para denegrir a imagem de uma Cidade turistíca como pitímbu estão usando a sujeira para expulsar nossos visitantes

24/12/2012 01:39

Chega de tanta inércia, chega de tanta lamúria. A Cidade de Pitimbu, não merece ser lameada por pessoas irresponsáveis. Indubitavelmente  o problema  que vem provocando esse comportamento sórdido e contribuindo para surgir comentários desairosos contra o município não é a falta de dinheiro, vez  que mais de dois milhões de reais foram repassados aos cofres da edilidade e até agora, segundo comentários, os funcionários não receberam nem se quer os salários referentes aos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro. Alguns dos funcionários que tiveram acesso a  salário, inconstitucionalmente receberam  os vencimentos reduzidos.

Para que os turistas, veranistas,que costumeiramente vão a Pitimbu passar o período natalino, estão sendo expulsos. Os mentores da inércia administrativamente, maquiavelicamente abarrotaram as ruas de lixo que exala mal cheiro  e as pessoas inalando a fedentina ficam com as narinas feridas, outras adoecem e buscam assistência médicas em Hospital próximo, já que na Cidade, não existe nem penicilina, imagine médicos.

O mais lamentável, o lixo toma conta da Cidade. Animais soltos em plena via pública, provocando um verdadeiro perigo aos carros que trafegam

uma pequena ponte por onde passava as águas foi soterrada e barracos construídos, impedindo a passagem da água.

Lixo amontoado, doenças, dificuldade de transitar e inundação de casas em suas margens, além da convivência com animais. Esses são alguns dos problemas pelos quais está passando o povo.

O rio que deságua no maceió, rumo a Mar, totalmente poluído e exalando mal cheiro por conta do lixo e animais mortos colocados dentro do mesmo e o leio desviado por conta de construção desgovernada.

Moscas se amontoam de dia em torno da sujeira que fica no rio e por grande parte da margem do rio.

“De dia são as moscas e à noite são os mosquitos. Tem sujeira demais, inclusive muriçocas, que incomodam muito durante a noite, sem  falar no mau cheiro. As pessoas acumulam lixo e queimam, o que acaba provocando ainda mais estragos ao meio ambiente”, afirmou a atendente Maria José Pereira.

A dona de casa Rita  destacou que a convivência com animais ocasiona doenças em toda família, principalmente em crianças. “Vivo tendo de cuidar de meus filhos com problema de pele, sem falar quando eles adoecem de verdade e acabam perdendo escola”, lamentou Rita.

O rio  Uma das principais reclamações dos moradores que possuem casas na margem do rio é o perigo da inundação.

A proteção de áreas de risco, pavimentação de ruas, relocação de moradias e dragagem do rio é o que mais se reinvindica

A esperança está no novo prefeito de resolver o problema. 

O povo está esperançoso em Leonardo atual prefeito eleito que vai resolver o problema, é o que se espera

Caso os garis, que são funcionários da Prefeitura Municipal de Pitimbu, e responsáveis pela limpeza pública, recebessem seus salários o problema seria resolvido.