BESSA GRILL
Início » Notícias » Estudante paraibana que ‘previu’ a morte no WhatsApp é sepultada em Natal

Estudante paraibana que ‘previu’ a morte no WhatsApp é sepultada em Natal

Antes do acidente, a jovem enviou mensagens no WhatsApp para amigos com a pergunta “Pode morrer beba?”.

12/03/2015 20:29

Carro permaneceu no canteiro central ainda na manhã desta quinta-feira (Crédito: Reprodução / WhatsApp)

Antes do acidente, a jovem enviou mensagens no WhatsApp para amigos com a pergunta “Pode morrer beba?”.
A estudante de Direito, Najla Napy Charara, de 21 anos, foi sepultada no início da noite desta quinta-feira (12), no cemitério Morada da Paz, em Natal (RN). Natural de Campina Grande, ela morreu em acidente na noite da quarta (11), no prolongamento da Avenida Prudente de Morais, no sentido Candelária-Cidade Satélite, na Capital potiguar.

Najla Napy estaria com amigas em um bar antes do acidente (Crédito: Reprodução / Instagram)

Najla Napy Charara perdeu o controle do veículo Renault Clio, que conduzia, e colidiu com um poste no canteiro central da avenida, uma das mais movimentadas de Natal. O Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte confirmou que a estudante era paraibana.

Diálogo da jovem com amigos no aplicativo WhatsApp (Crédito: Reprodução / WhatsApp)

Antes do acidente, a jovem enviou mensagens no WhatsApp para amigos com a pergunta “Pode morrer beba?”, no veículo foi encontrada uma garrafa de vinho.

O veículo ficou totalmente destruído. A gravidade do acidente chamou atenção de quem passava pelo local ainda na manhã desta quinta-feira (12). Informações de testemunhas é que a vítima chegou a ser jogada fora do veículo, que teve parte do teto danificado e uma das portas arrancadas.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Natal foi acionado, mas ao chegar no local encontrou Najla sem vida. Uma segunda pessoa – não identificada – estava no veículo e foi socorrida para o pronto socorro Clóvis Sarinho com fraturas e escoriações.

www.reporteriedoferreira.com      PortalNoAr