BESSA GRILL
Início » Destaque » Eleições 2014; overnador pega pesado com aliados que romperam: “Não faço cambalacho

Eleições 2014; overnador pega pesado com aliados que romperam: “Não faço cambalacho

Não citou nomes, mas o recado parecia direto para os que romperam antes, como o senador Cássio, e aqueles que desembarcaram do barco mais recentemente, com o vice-governador Rômulo Gouveia ou o ex-secretário Luzemar Martins.

17/07/2014 19:23

RicardoCoutinhoZangado03

O governador Ricardo Coutinho acusou o golpe contra ex-governistas que decidiram aderir à oposição, especialmente à candidatura do senador Cássio Cunha Lima. Durante passagem pelo Brejo, o governador externou em entrevistas à Imprensa sua mágoa com os rebeldes, a quem acusou de estarem participando de um “balcão de negócios”. Foi duro.

Em outro momento, quando indagado sobre o que sentia em relação aos ex-aliados, afirmou irritado: “Eu não faço cambalacho em política, mas há aqueles fracos de caráter, que adotam esse tipo de prática, como se o cidadão, o eleitor, não estivesse observando. Eles serão julgados pelo povo, não tenho a menor dúvida disso.”

Não citou nomes, mas o recado parecia direto para os que romperam antes, como o senador Cássio, e aqueles que desembarcaram do barco mais recentemente, com o vice-governador Rômulo Gouveia ou o ex-secretário Luzemar Martins. “A população não compreende que um aliado permaneça num projeto até a última hora, para depois romper sem dar uma explicação.”