BESSA GRILL
Início » Cidades » “Eita vida boa/ aperreada…”: Walter Santos

“Eita vida boa/ aperreada…”: Walter Santos

21/11/2013 06:24

jornalista WSPOR QUE CABEDELO, SANTA RITA E

BAYEUX SOFREM COM MÁS GESTÕES?

 

BRASILIA – A decisão do funcionário público Luceninha de renunciar ao cargo de prefeito de Cabedelo ainda precisará ser melhor esclarecida posto que os argumentos utilizados por ele para justificar seu ato estão muito aquém das “verdades” ditas nos bastidores com conotação muito ruim, no sentido de que acontece na estrutura pública da Prefeitura. Mas, como diz o titulo da abordagem de agora, por que há décadas cidades importantes da Grande João Pessoa inserindo Bayeux e Santa Rita vivem sequências de gestões desastrosas?

A resposta é simples: os eleitores dessas cidades não se mancam e se mantêm escolhendo seus lideres à base do assistencialismo barato, da tapa nas costas e envolvimento com processos de corrupção tão desenfreados que, aos olhos da maioria, ninguém se importa em saber se os nomes populares da moda são comprovadamente capazes para gerar abacaxis.

Isto mesmo, enfrentar a missão de administrar uma Prefeitura no Brasil, em especial na Paraíba, é atitude para gente capaz, melhor dizer, para poucos no sentido de dar encaminhamento seguro a aplicação dos recursos públicos de forma planejamento enfrentando adversidades de todas as ordens.

Se reparar direito, como atestam inúmeros levantamentos dos Sistemas Oficiais em voga, mais de 80% dos prefeitos paraibanos sequer sabem onde estão os recursos e como fazê-los existir de forma correta sem a corrupção deslavada em voga há anos.

É esta cultura de se querer dar um “jeitinho” que por essa vala passam os recursos públicos transformados em apetites privados para os quais devem ser direcionada a maior parte da grana, que ergue e destrói coisas belas, como diz o poeta Caetano.

CÂMARA TOMADA DE INTERESSES PRIVADOS

cabedeloUm dos fatores a tirar Luceninha do sério foi conviver com a pressão e intimidação de vereadores da Câmara de Cabedelo exigindo o famoso Mensalão – dinheiro advindo de gratificações e maracutais – pois quem não se submeter a isso corre risco de ser afastado, Impeachado, como se diz na Torrelândia.

É a mesma safadeza, desculpem a expressão, acontecendo em Santa Rita onde o prefeito Reginaldo Pereira ainda não encontrou o prumo para se consolidar como gestor pra valer daí vive enfrentando ameaças de vereadores em busca de boquinhas, cujo tamanho e vontade sempre é crescente.

A MIDIA TAMBÉM

Nos bastidores próximos de Luceninha, setores da Midia na Grande João Pessoa, sobretudo radialistas famosos, exigindo contratos acima das possibilidades daí gerando ameaças, serviram de motivação para a atitude do ex-prefeito.

OUTRA (IM)POSTURA DIANTE DA LEI

A decisão da Câmara Municipal de João Pessoa de aprovar voto de aplauso ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, é a demonstração clara de subserviência aos conceitos retrógados da sociedade brasileira em meio a uma comprovada realidade em que o Ministro tem se apresentado muito mais como arbitrário do que juiz no míster de fazer Justiça.

Joaquim Barbosa transformou a fase do tal Mensalão em espetáculo inaceitável ferindo principios básicos da lei tratando casos de regime semi aberto em prisões fechadas e humilhações descabidas.

Não, não é esta a Câmara que sonhamos para uma cidade de gente pacata mas de luta e rebelde contra os desatinos dos autoritários.

UMAS & OUTRAS

…O senador Vital do Rego Filho foi chamado e compareceu a encontro ontem com a Ministra chefe da Casa Civil, Glace Hoffman, acompanhada da Ministra Ideli Salvatti, das Relações Institucionais. Não falaram nem de fisica nuclear nem da renuncia de Luceninha. A Pasta da Integração Nacional foi o mote, um deles.

…A propósito, o empresário Raimundo Lira reaprendeu o caminho do Senado, sobretudo o 13o andar no Anexo. É dali, do alto, que ele vai voltar a tomar gosto com os tapetes azuis e com a política da Casa Alta. Volta e meia não anda com assessores da melhor qualidade.

…O ex-deputado Enivaldo Ribeiro esteve em Brasilia. Na pauta, elocubrações do PP para 2014.

…Já o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, já retornou de Brasilia com projetos encaminhados para suprir o caixa reduzido da prefeitura. Não tem sido fácil administrar com queda de receita.

…Por falar (escrever) em Campina, em quinze dias termina o processo de licitação da propaganda. Ainda bem porque o oxigênio da White Martins está faltando em muitos lugares da cidade.

…O prefeito Luciano Cartaxo chega nesta quinta-feira de manhã na Capital Federal. Haja busca de viabilizar projetos.

…A forma como o presidente do STF tem tratado réus como José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares extrapola conceitos e regras da lei. Quem vai pagar por isso?

ULTIMA

“Eita vida boa/ aperreada…”