BESSA GRILL
Início » Cidades » CRM-PB interdita unidade de saúde em Santa Rita

CRM-PB interdita unidade de saúde em Santa Rita

20/12/2012 14:00
Mais uma unidade do Programa Saúde da Família (PSF) foi interditada na manhã desta quarta-feira (19) pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB). Localizado em Santa Rita, no bairro Alto das Populares, o PSF Aldeni Montenegro apresenta sérias irregulares que ferem tanto o Código de Ética Médica quanto a Cartilha de Atendimento ao usuário do SUS.
De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB, Eurípedes Mendonça, o PSF funciona em uma casa alugada, com meias-paredes que impossibilitam o sigilo dos consultórios, paredes com reboco caindo, mofo e sem conforto térmico. “Esta é uma das piores unidades que já visitamos em todo o Estado. Além destes problemas, o PSF está sem recepcionista e auxiliar de limpeza. Os medicamentos ficam expostos na sala de espera ao alcance de qualquer paciente”, destacou.
Eurípedes disse ainda que a sala de imunização apresenta problemas graves, como ausência de equipamento que controle a temperatura das vacinas. “Sem este controle, não é possível assegurar a qualidade do material”, ressaltou. Outra situação preocupante é o lixo dispensado ao ar livre. “Fomos informados que ainda hoje o abastecimento de água seria cortado por falta de pagamento, algo muito grave para o funcionamento de uma unidade de saúde”, disse Eurípedes Mendonça.
Esta é 32ª interdição que o CRM-PB fez nas unidades de saúde da Paraíba só este ano. De acordo com Eurípedes Mendonça, é visível a precariedade da saúde pública após o período eleitoral. “Em todo o Estado, a situação piorou”, destacou.
Os moradores da área próxima ao PSF Aldeni Montenegro devem procurar, a partir desta quinta-feira (20), outra unidade de saúde para receber atendimento. O diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB ainda destacou que é importante que a Vigilância Sanitária faça uma vistoria ao PSF. “Não há como uma unidade desta permanecer aberta”, disse.
da Ascom