BESSA GRILL
Início » Esportes » Com autoridade, Brasil detona a Holanda e segue forte no Grand Prix

Com autoridade, Brasil detona a Holanda e segue forte no Grand Prix

Mostrando poder de reação e notável variação tática, time comandado por Zé Roberto faz 3 a 0 e tem agora sete vitórias em oito jogos na competição

17/08/2013 09:09

Exibindo uma atuação convincente, de quem quer o nono título da competição, a seleção brasileira feminina de vôlei superou a Holanda por 3 a 0 (parciais de 25/15, 25/20 e 25/15), na manhã deste sábado, em Almaty, no Cazaquistão, em mais um desafio pela fase preliminar do Grand Prix. O Brasil ocupa agora a quarta colocação na classificação geral, com sete vitórias e apenas uma derrota (para a Bulgária). Já as holandesas acumularam seu quinto revés em oito compromissos realizados e seguem em 12º lugar na lista.

O último compromisso da seleção nacional pela terceira semana da primeira fase será disputado neste domingo, às 9h (de Brasília), justamente contra as donas da casa. O Sportv 2 transmite o confronto. A Holanda encara Cuba, que ainda não venceu na atual edição.

Seleção feminina de vôlei 3 x 0 Holanda, Grand Prix (Foto: Divulgação / FIVB)O time brasileiro não encontrou dificuldades para bater a Holanda no Cazaquistão  (Foto: Divulgação / FIVB)

O duelo desta manhã começou muito equilibrado, o que foi demonstrado logo no primeiro ponto. Após rali de 39 segundos, as holandesas saíram na frente. O Brasil virou, mas viu o placar passar a 4 a 2 e depois para 8 a 5 em favor das adversárias. Em um bloqueio de Fabiana, porém, a seleção chegou ao empate e tomou à frente após um toque na rede do quadro holandês, abrindo em seguida para 14 a 8. Mantendo o controle das ações, a equipe brasileira fechou o primeiro set em fáceis 25 a 15 depois de um bloqueio de Monique.

As meninas comandadas por José Roberto Guimarães fizeram logo 2 a 0 na segunda parcial, mas a Holanda, com forte marcação sobre Thaisa, melhorou no bloqueio, virou para 5 a 2 e depois chegou a 8 a 3, mais uma vez indo para a parada técnica na frente do marcador. Com Gabi liderando a nova reação, o Brasil aproveitou-se de erros do time rival e virou para 15 a 14. E, repetindo o anterior, a seleção abriu nos momentos finais e matou o segundo set, agora em 25 a 20, em um erro de ataque das holandesas.

Concentrado em vencer também a terceira parcial e liquidar a fatura, o Brasil conseguiu logo 8 a 2 e depois 11 a 4. Com o absoluto controle da partida, o quadro nacional tratou de manter o ritmo e terminar os trabalhos após um belo ponto de Juciely, vencendo o set por 25 a 15 e mais uma partida no Grand Prix por 3 a 0.

G1