BESSA GRILL
Início » Esportes » Código da Fifa dá brecha para punição no ano seguinte e pode salvar Lusa

Código da Fifa dá brecha para punição no ano seguinte e pode salvar Lusa

Portuguesa, se considerada culpada por usar Héverton de forma irregular na última rodada do Brasileirão, deverá perder quatro pontos. Pena pode ser paga em 2014

16/12/2013 11:56

O uso do Código Disciplinar da Fifa pode ser a saída para o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidir da melhor forma o “caso Héverton”. A Portuguesa, se considerada culpada por usar o jogador de forma irregular na última rodada do Brasileirão, deverá perder quatro pontos. A solução para não colocar um asterisco na classificação do torneio seria aplicar a pena somente na edição do ano que vem.

Lusa 01
Reprodução

Artigo 30 do Código Disciplinar da Fifa pode ser usado para salvar Lusa de queda no Brasileirão

Diz o artigo 30 do Código Disciplinar da entidade que rege o futebol mundial que “um clube pode ter pontos deduzidos daqueles já ganhos no atual ou no futuro campeonato”. Desta forma, caberia ao STJD optar, se enxergar que a Lusa deve ser penalizada, entre descontar a pontuação nesta temporada ou no torneio de 2014. Se a segunda opção for a escolhida, o time paulista começará a próxima Série A com quatro pontos negativos.

A equipe do Canindé foi denunciada pela procuradoria do STJD por utilizar o meia Héverton no empate por 0 a 0 contra o Grêmio, realizado no último dia 8 de dezembro. O atleta foi relacionado e entrou em campo aos 32 minutos do segundo tempo.

Héverton foi julgado no dia 6 por sua expulsão no jogo contra o Bahia, no dia 24 de novembro. O meia cumpriu suspensão automática na rodada seguinte. Mas, julgado no último dia 6, o atleta foi condenado a cumprir mais uma partida de pena. Logo, ele não poderia ter atuado diante dos gaúchos.

O caso envolve diretamente o Fluminense, pois a Lusa perderá quatro pontos em caso de condenação (três pela infração mais um pelo resultado do jogo com o Grêmio). Assim, a equipe do Canindé, 12ª colocada, cairia de 48 para 44 pontos na tabela do Brasileirão e entraria na zona de rebaixamento. Os cariocas, que terminaram o campeonato na 17ª posição com 46 pontos, subiriam um posto e continuariam na Série A em 2014.

Torcedores protestam contra Paulo Schmitt, procurador-geral do STJD. Foto: Pedro Taveira/iG São Paulo

O uso do Código Disciplinar da Fifa pode ser a saída para o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidir da melhor forma o “caso Héverton”. A Portuguesa, se considerada culpada por usar o jogador de forma irregular na última rodada do Brasileirão, deverá perder quatro pontos. A solução para não colocar um asterisco na classificação do torneio seria aplicar a pena somente na edição do ano que vem.

Reprodução

Artigo 30 do Código Disciplinar da Fifa pode ser usado para salvar Lusa de queda no Brasileirão

Diz o artigo 30 do Código Disciplinar da entidade que rege o futebol mundial que “um clube pode ter pontos deduzidos daqueles já ganhos no atual ou no futuro campeonato”. Desta forma, caberia ao STJD optar, se enxergar que a Lusa deve ser penalizada, entre descontar a pontuação nesta temporada ou no torneio de 2014. Se a segunda opção for a escolhida, o time paulista começará a próxima Série A com quatro pontos negativos.

A equipe do Canindé foi denunciada pela procuradoria do STJD por utilizar o meia Héverton no empate por 0 a 0 contra o Grêmio, realizado no último dia 8 de dezembro. O atleta foi relacionado e entrou em campo aos 32 minutos do segundo tempo.

Héverton foi julgado no dia 6 por sua expulsão no jogo contra o Bahia, no dia 24 de novembro. O meia cumpriu suspensão automática na rodada seguinte. Mas, julgado no último dia 6, o atleta foi condenado a cumprir mais uma partida de pena. Logo, ele não poderia ter atuado diante dos gaúchos.

O caso envolve diretamente o Fluminense, pois a Lusa perderá quatro pontos em caso de condenação (três pela infração mais um pelo resultado do jogo com o Grêmio). Assim, a equipe do Canindé, 12ª colocada, cairia de 48 para 44 pontos na tabela do Brasileirão e entraria na zona de rebaixamento. Os cariocas, que terminaram o campeonato na 17ª posição com 46 pontos, subiriam um posto e continuariam na Série A em 2014.

Torcedores da Portuguesa em protesto na Avenida Paulista. Foto: Pedro Taveira/iG São Paulo
Do Ig