BESSA GRILL
Início » Notícias » Caixas eletrônicos são explodidos,Delegacia de Polícia é incendiada e jovem é assassinado

Caixas eletrônicos são explodidos,Delegacia de Polícia é incendiada e jovem é assassinado

28/03/2015 14:32

Caixas eletrônicos são explodidos em duas cidades

54775e841920150328091254Moradores ficaram assustados com o crime
Caixas eletrônicos de duas cidades foram alvos de ações criminosas na madrugada deste sábado (28) na Paraíba. Os fatos ocorreram nas cidades de Cacimba de Dentro, no Curimataú, e em Malta, Sertão do Estado.

Em ambos os casos, a polícia não informou a quantia em dinheiro levada pelos acusados.

A primeira explosão aconteceu por volta de 3h em Malta. Os suspeitos, além de explodirem os caixas, deixaram a cidade atirando para o alto.

Em Cacimba de Dentro, por volta de 4h50, os terminais de atendimento de uma agência também foram alvos das ações criminosas. No entanto, nenhuma informações sobre os acusados foi repassada e até o momento ninguém foi preso.

Delegacia de Polícia tem porta incendiada durante a madrugada

9f4448b67720150328090013A Delegacia de Polícia Civil da cidade de Soledade, no Seridó do Estado, foi alvo de uma tentativa de incêndio na madrugada deste sábado (28). Conforme testemunhas, a porta que dá acesso ao órgão foi atingida pelas chamas, mas o fogo não provocou maiores danos e nem se alastrou pelo interior da delegacia.

O local passará por perícia e os agentes de investigação vão apurar as causas e se foi um incêndio criminoso.

Jovem é encontrado morto com facas encravadas no rosto e pescoço

8f3b9f29bb20150327103138Jovem é assassinado e suspeitos deixam facas encravadas
Um jovem, ainda não identificado, foi assassinado com duas facadas na noite desta sexta-feira (27), na comunidade Asa Branca, no Roger, em João Pessoa. As facas usadas no crime foram encontradas cravadas no rosto e pescoço da vítima.

De acordo com informações na equipe da polícia, o jovem não era morador da comunidade. Com a vítima não foi encontrado documentos ou qualquer outro objeto. A Polícia Militar não sabe o que motivou o crime. A população também não quis falar sobre o fato.

 

www.reporteriedoferreira.com